FCDL Notícias

13º salário deve injetar mais de R$ 8 bilhões na economia de SC

Trabalhadores do mercado formal, aposentados e pensionistas catarinenses irão receber até o final de 2016, a título de 13° salário, cerca de R$ 8,05 bilhões no total, aproximadamente 4,09% do total de benefícios do Brasil e 25,4% da região Sul, de acordo com o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Esse montante representa em torno de 3,1% do PIB estadual.
O contingente de pessoas no estado que receberá o décimo terceiro foi estimado em 3,7 milhões, o correspondente a 4,4% do total que terá acesso ao benefício no Brasil. Em relação à região Sul, esse percentual é de 25,2%. Os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários, representam 61,8%, enquanto pensionistas e aposentados do INSS equivalem a 38,2%.
O emprego doméstico com carteira assinada participa com 1,5%. Em relação aos valores que cada segmento receberá, nota-se a seguinte distribuição: os empregados formalizados ficam com 71,9% (R$ 5,8 bilhões) e os beneficiários do INSS, com 28,1% (R$ 2,2 bilhões), enquanto aos aposentados e pensionistas do estado do Regime Próprio caberão 5,1% (R$ 411 bilhões).
O DIEESE ainda estima que deverão ser injetados na economia brasileira aproximadamente de R$ 197 bilhões, em decorrência do pagamento do 13º salário. Este montante representa aproximadamente 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do país e será pago aos trabalhadores do mercado formal, inclusive os empregados domésticos; aos beneficiários da Previdência Social e; para aposentados e beneficiários de pensão da União e dos estados e municípios. Cerca de 84 milhões de brasileiros serão beneficiados com um rendimento adicional, em média, de R$ 2.192.

Fonte: Portal EconomiaSC

FCDL Notícias
  • Varejo agora é high-tech

    Continue lendo Clique e leia
  • Jornada de compra: pesquisa mostra grau de preparo dos lojistas com cada etapa

    Continue lendo Clique e leia
  • Lojas Biônicas se tornam realidade

    Continue lendo Clique e leia
  • Vídeos geram 30% mais vendas do que fotos nas redes sociais, revela estudo

    Continue lendo Clique e leia
  • Consumidores estão mais abertos ao consumo de marcas locais

    Continue lendo Clique e leia
  • Como as PMEs estão transformando o sistema bancário

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais