FCDL Notícias

5 técnicas de vendas no varejo: As mais eficientes

No varejo, quem conhece boas técnicas de vendas tem uma grande vantagem na hora de persuadir o cliente a comprar. Saber ouvir, observar e convencer, mas sem empurrar o produto, são habilidades extremamente importantes no momento da venda. Pensando nisso, criamos esse post para falar um pouco sobre o tema.

Separamos aqui algumas dicas que vão ajudar sua loja a vender muito melhor. Acompanhe!

1. Saiba ouvir o cliente

Um bom vendedor precisa saber escutar o cliente. Não basta ouvir superficialmente e tentar encontrar respostas rápidas apenas para manter o diálogo: é necessário de fato tentar entender qual é o problema que o cliente procura resolver. Isso não é fácil no início, pois os vendedores muitas vezes querem retrucar rapidamente para fechar a venda, mas com um pouco de esforço esse hábito pode ser adquirido.

2. Desperte confiança no cliente

Quando chegar a hora de o vendedor falar, ele deve fazer um breve resumo do que o cliente disse antes de dar sua resposta. Isso demonstra que ele estava verdadeiramente atento e interessado no cliente, fazendo com que este se sinta bem. Isso é importante porque, dessa maneira, ele vai confiar no vendedor e se sentir ainda mais aberto a fechar a compra.

3. Saiba ler a linguagem corporal do cliente

Observar bem o cliente é muito útil na hora de tentar entendê-lo, pois muito do que não é dito verbalmente pode ser percebido nos seus movimentos e olhares. Por exemplo, é um bom sinal se o cliente está olhando para o vendedor ou para o produto; mas pode ser preocupante caso ele tenha um olhar perdido ou esteja olhando para a saída da loja. A posição dos braços e a expressão facial também podem demonstrar muito do estado de espírito do cliente: se ele está mais ou menos aberto, se está impaciente, se está satisfeito, etc.

4. Conheça bem os produtos

Parece algo simples, mas é comum encontrar lojas em que os vendedores não conhecem bem todos os produtos. Esse conhecimento é essencial pois proporciona argumentos no momento da venda e permite indicar outros produtos que se adéquem às necessidades que os clientes demonstram. Permite ainda que a loja mantenha seus estoques atualizados, com os modelos mais recentes dos produtos que vende.

5. Ofereça produtos a mais

No diálogo com o cliente, com certeza surgirão ideias de novos produtos que ele pode precisar ou querer. Fazer alguns questionamentos abertos estimula que ele fale e pode acabar revelando informações importantes, como o quanto pretende gastar ou quais são seus objetivos com a compra que pretende fazer. Identificar essas oportunidades e não ter medo de oferecer novos itens muitas vezes dá certo e aumenta o ticket médio das empresas.

É sempre importante lembrar, porém, que insistir demais pode espantar o cliente. Outra coisa que pode atrapalhar a venda e deve ser evitada é oferecer novos produtos quando ele já decidiu sua compra e está se encaminhando para o caixa; portanto saiba a hora certa de falar.

 

Fonte: Blog Listen X

FCDL Notícias
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • Conheça as 11 formas de pagamento mais usadas atualmente

    Continue lendo Clique e leia
  • Varejo atual precisa estar “próximo, disponível e pronto para o cliente”

    Continue lendo Clique e leia
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais