FCDL Notícias

51% dos lojistas usam Inteligência Artificial, mostra pesquisa

Pesquisa do E-Commerce Brasil realizada em parceria com a iGoal, especializada em sistemas de performance, mostra que 51% dos profissionais envolvidos com e-commerce no Brasil usam algum tipo de Inteligência Artificial (IA) em suas operações atualmente.

A pesquisa foi realizada com uma base focada em profissionais do varejo de diferentes setores e contou com 87 respostas. O setor de Moda e Acessórios é o de maior destaque entre os respondentes, com 23% do total. Dos lojistas que utilizam a IA, 48% afirmou que pretende expandir seus negócios digitais através dessas tecnologias. Dos que não usam, 43% afirmou que pretende aderir a IA. Apenas 8% dos lojistas afirmaram que não tem interesse em usá-la.

Eficiência

Quando questionados sobre os recursos utilizados e suas finalidades, 24% afirmaram que a recuperação do carrinho abandonado é o recurso de IA mais eficiente para a conversão. Além disso, 17% acredita que a busca inteligente é o recurso mais eficaz para as vendas, seguida por vitrines de produtos recomendados (12%), e-mail retargueting (10%) e chatbot (8%).

Exemplo

Quando questionados sobre grandes players do mercado que fazem bom uso da Inteligência Artificial, 36% respondeu que a Amazon vem a mente como principal opção. Além disso, na sequência, 21% lembrou da Magazine Luiza, 6,9% do Mercado Livre, 6,9% também da B2W e 4% Carrefour.

Chatbot

De acordo com a pesquisa, para 56% dos respondentes, o papel do chatbot enquanto um instrumento de IA para o site de e-commerce é prestar atendimento eficiente 24 horas por dia.

Outras pequenas funções apareceram com menor porcentagem, mas de maneira relevante:

10%: indicar produtos de interesse para o consumidor;

9%: gerar leads qualificados;

6%: melhorar a usabilidade da loja;

5%: aumentar o tempo de permanência do consumidor na loja.

Por que usar IA no e-commerce?

Quando questionados por que usar a IA no e-commerce, os lojistas responderam:

36% para automatizar atividades com mais precisão;

35% para se adequar ao mercado e se tornar um e-commerce mais eficiente;

27% para otimizar o tempo dos colaboradores e focar em estratégias.

 

Fonte: E-commerce Brasil

 

FCDL Notícias
  • Varejo agora é high-tech

    Continue lendo Clique e leia
  • Jornada de compra: pesquisa mostra grau de preparo dos lojistas com cada etapa

    Continue lendo Clique e leia
  • Lojas Biônicas se tornam realidade

    Continue lendo Clique e leia
  • Vídeos geram 30% mais vendas do que fotos nas redes sociais, revela estudo

    Continue lendo Clique e leia
  • Consumidores estão mais abertos ao consumo de marcas locais

    Continue lendo Clique e leia
  • Como as PMEs estão transformando o sistema bancário

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais