FCDL Notícias

A grande lição da Levi’s para transformar a experiência do consumidor

Como transformar um simples momento de conexão com uma marca em uma experiência impagável? Durante a NRF 2018, maior congresso de varejo do mundo, que acontece nesta semana em Nova York, o presidente da Levi’s, James “JC” Curleigh, contou o que há por trás dos grandes momentos da marca.

“É preciso entender nosso passado para entender quais são os passos que vamos dar rumo à inovação. Para isso, precisamos começar com uma visão: e nossa visão é ser a marca mais amada e mais relevante de estilo de vida. De novo”, contou durante sua apresentação.

Com 150 anos de vida, a marca tem se renovado e conseguiu criar uma verdadeira plataforma de experiências em torno de um produto que parece simples: o jeans. “Nossa missão é sobre criar uma solução legítima de Levi’s e isso pode não ser apenas um par de jeans”, afirmou.

Curleigh refere-se ao estádio Levi’s, de futebol americano; ao Levi’s Lounge, espaço que é misto de bar e estúdio; e ao Centro de Inovação da marca, que ajudou a criar a jaqueta conectada da Levi’s. “Todas essas plataformas foram criadas pela Levi’s nos últimos cinco anos e elas nos ajuda a alcançar nossa missão”, afirmou.

A grande lição

E o que isso tem a ver com transformar a experiência do consumidor? “Hoje, temos mais escolhas e mais pontos de contato do que antes. Nós fazemos jeans e produtos que vestem com o seu jeans – o que pode ser mais simples? Em um mundo de decisões difíceis, pegar um par de jeans não deve ser uma delas. Então, temos de simplificar o caminho para termos certeza de que você se relacione com Levi’s de um jeito simples”, disse.

Ou seja, a palavra-chave é simplicidade. “Para entregar essa simplicidade, temos de ter um nível de sofisticação. Sofisticação em nosso supply chain, em como a gente se mostra para o varejo. Sofisticação em tecnologia. O varejo deve ser simples na frente e sofisticado no back-office”, considerou.

“E também temos uma promessa fundamental básica para os nossos fãs: que é entregar e superar o que ele espera. É esperado que a gente tenha pontos de distribuição, onde seja possível encontrar os produtos que o consumidor quer, no tamanho que ele quer e com um bom atendimento. Entregar o esperado: não há nada mais importante hoje do que isso”, afirmou o executivo.

Fonte: Portal No Varejo

FCDL Notícias
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • Conheça as 11 formas de pagamento mais usadas atualmente

    Continue lendo Clique e leia
  • Varejo atual precisa estar “próximo, disponível e pronto para o cliente”

    Continue lendo Clique e leia
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais