FCDL Notícias

Alibaba se internacionaliza para bater novo recorde de vendas

A Alibaba Group Holding está olhando além das fronteiras para transformar a
celebração anual de compras do Dia dos Solteiros em um fenômeno global. Neste
mês de novembro a gigante chinesa da internet passa a somar as vendas da Lazada,
o centro de compras on-line que controla. A maior empresa de comércio eletrônico
do Sudeste Asiático está se tornando parte fundamental do plano da Alibaba para
estimular o crescimento, somando-se aos esforços da companhia para entrar nos
ramos de shopping centers, lojas de conveniência e entrega de alimentos.

O desafio do império on-line do bilionário Jack Ma é bater outro recorde de
transações de vendas após uma década superando os resultados anteriores. Com a
escalada da guerra comercial, o esfriamento da economia e a concorrência
crescente de plataformas menores, como JD.com e Pinduoduo, a Alibaba tenta
adicionar novos motores de crescimento. A celebração do varejo dedicada aos
solteiros do país, realizada no dia 11 de novembro, se transformou em um
termômetro importante não apenas para a empresa, mas também para a segunda
maior economia do mundo.

“O Dia dos Solteiros virou uma vitrine para a Alibaba exibir suas capacidades em
todas as plataformas”, disse o CEO Daniel Zhang, em entrevista coletiva, em outubro, em Pequim. Ele assumirá quando Ma deixar o cargo de presidente-
executivo do conselho, no ano que vem.

Foi de Zhang a ideia de transformar o Dia dos Solteiros em um festival de compras,
há uma década. Como o dia de vendas deste ano será o último de Ma à frente do
conselho, Zhang precisará provar que é capaz de manter legado. “Acreditamos que
o envio de 1 bilhão de pacotes se tornará um acontecimento diário no futuro”, disse
ele.

Mais de meio bilhão de pessoas deverão visitar os websites da Alibaba em busca de
secadores de cabelo Dyson, fórmulas infantis e bolsas Gucci. A Alibaba conseguiu
registrar um crescimento vertiginoso durante quase uma década, incluindo um salto
de 39 por cento nas vendas no ano passado, para 168 bilhões de yuans (US$ 24,2
bilhões).

Para estimular o crescimento, a Alibaba está expandindo sua estratégia. A startup
Ele.me, assumida pela empresa neste ano, oferecerá serviços de entrega para
algumas cafeterias Starbucks em 11 cidades da China. A Rural Taobao oferecerá
cupons para produtos em 800 condados, e a Lazada lançará promoções em seis
países do Sudeste Asiático, incluindo Indonésia, Malásia e Tailândia.

Apesar de terem passado três anos desde que Ma afirmou que queria transformar o
Dia dos Solteiros em um evento de compras global, isso ainda não aconteceu. A
expansão internacional será parte fundamental do plano de Zhang para continuar
batendo recordes de venda. No ano passado, Rússia, Hong Kong e EUA foram as três
regiões fora da China continental que mais compraram mercadorias durante o
evento anual. Entre os produtos mais populares comprados no exterior estão
telefones celulares, casacos de lã e suéteres de tricô, segundo a empresa.

O Sudeste Asiático dará o mais claro indicativo da capacidade de internacionalização
da Alibaba. Como a companhia agora detém o controle total da Lazada, que tem
sede em Cingapura, a região continua sendo uma das áreas em que a empresa tem
um desempenho relativamente bom.

Fonte: Portal Varejo ESPM

FCDL Notícias
  • Black Friday: 5 formas de usar o pós-venda para fidelizar o consumidor

    Continue lendo Clique e leia
  • Lojas Renner celebra nova coleção com campanha produzida pela Suno Paim

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco primeiros passos do empreendedor digital

    Continue lendo Clique e leia
  • E-commerce: Atual, versátil e potente

    Continue lendo Clique e leia
  • Como a neurociência ajuda a ser um empreendedor melhor

    Continue lendo Clique e leia
  • É necessário mais do que a omnicanalidade para atender o cliente

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais