FCDL Notícias

Cinco elementos fundamentais para ser um líder no varejo

O varejo é um dos segmentos da economia muito conhecido pela alta rotatividade
de colaboradores e funcionários. Mas é possível construir uma carreira de sucesso
nesse setor? A resposta é sim! O que não quer dizer que o caminho seja fácil,
especialmente quando se aspira cargos de liderança dentro da empresa.
Para ser um líder no varejo é preciso que o profissional tenha profundo
conhecimento do negócio, dos detalhes que compõem toda a estrutura funcional do
estabelecimento, não importando o seu tamanho. “Ser organizado, disciplinado,
atualizado e o mais importante, conhecedor da arte de líder com o ser humano,
compõem aquilo que chamo de “combo do sucesso”.
Ou seja, esse líder deverá ser capaz de, verdadeiramente tocar o negócio”, comenta
Edson Pudence, advogado, crítico e consultor de bares, hotéis e restaurantes. Ele
ainda destaca que ser firme na postura não deve ser confundido com grosseria.
Disciplinado não deve ser interpretado como radical. Detalhista não pode ser
relegado a um mero comportamento. E o mais importante; ter firmeza no caráter.
Considerando que um líder é inspiração, o bom caráter passa ser o norte a ser
seguido.

Inspiração, pressão e profissionalismo

O varejo alimentar é um dos mais desafiadores, impondo ao líder uma condição
única de pressão e responsabilidade. Para Pudence é preciso pensar que o varejo
alimentar está diretamente ligado ao bem-estar e a saúde do ser humano,
condições suficientes para compreender a importância que todo empreendedor do
varejo alimentar deve conferir aos seus líderes.
“O líder é aquele que inspira um ideal, alimenta uma esperança e assegura uma
caminhada. Aquele que lidera um processo dentro do varejo alimentar estará o
tempo todo, sendo avaliado pelos seus pares e por todos aqueles que se utilizam
dos serviços prestados nesse ramo de varejo”, afirma Pudence.
Ainda segundo o especialista, o líder deve ter a capacidade de compreensão de que
a vitória sempre será da sua equipe. “Aquele que apenas busca os louros para si,
estará cometendo o mais infantil dos erros, o de achar que se basta. Um verdadeiro
líder é acolhedor e paciente. Gritar e oprimir colaboradores pode até surtir um
efeito imediato, no entanto, será o início de um desgaste que dificilmente será
revertido”, alerta.
Mas para chegar a posição de liderança e saber lidar com todos os desafios que ela
traz é preciso investir em mais do que o conhecimento prático de anos dentro do
varejo e partir para a formação ou especialização acadêmica. Pudence destaca que o
espaço apara amadorismo já não existe mais.
“O mercado é altamente competitivo e há inúmeros casos de empreendimentos que
não lograram êxito. Não se trata de palavras de desânimo ou desestimulo, pelo
contrário, se trata de simples constatação em razão de acompanhamento do
mercado ligado ao varejo alimentar. Em hipótese alguma devemos desprezar o fator
experiência, aquela acumulada ao longo da vida, mas há uma grande quantidade de
cursos de capacitação, onde o líder poderá adquirir as teorias e experiências que
irão recomendá-los para a importante função de liderança. Cursos de formação em
Administração de Empresas, Economia, Gestão de Negócios, e tantos outros cursos
técnicos voltados à área, certamente irão capacitar o líder”, orienta.
A pedido do Portal Newtrade, Edson Pudence elencou as cinco principais
características de um líder de varejo. Confira:

1) Firmeza e correção no caráter
Trata-se de ponto de partida para a formação de qualquer pessoa, principalmente
àqueles que se apresentam como líderes.

2) Determinação
Aqueles que pretendem ser lideres deverão se apresentar com a capacidade de
resiliência. Um líder não reclama, busca soluções e inspira sua equipe. A capacidade
de um líder absorver o impacto das adversidades é que fará dele um “grande” entre
os demais.

3) Disposição para aprender
Um líder deve buscar a todo instante aprender e se capacitar. Dele será esperado o
comando e sua equipe o terá como esteio.

4) Vontade de vencer
Um líder deve ter ambição. Não me refiro somente às conquistas materiais, mas
sim, a vontade de mostrar para si próprio de que é capaz de realizações e
conquistas. Como já mencionei anteriormente, um líder é inspirador e não somente
um comandante.

5) Capacidade de agregar valores
Um líder deverá ser sempre aquele que, embora tenha capacidades e habilidades,
deverá estar sempre pronto a agregar valores. As experiências colhidas junto aos
clientes e colaboradores deverão formar a base de suas competências. Não bastam
cursos e especializações, mas sim, um líder deve ter o conteúdo fundamental nas
relações interpessoais, que são as histórias vividas, alegres ou não, mas que
produzem um conjunto de ações que podemos chamar de sabedoria.

Fonte: Newtrade

FCDL Notícias
  • Varejo agora é high-tech

    Continue lendo Clique e leia
  • Jornada de compra: pesquisa mostra grau de preparo dos lojistas com cada etapa

    Continue lendo Clique e leia
  • Lojas Biônicas se tornam realidade

    Continue lendo Clique e leia
  • Vídeos geram 30% mais vendas do que fotos nas redes sociais, revela estudo

    Continue lendo Clique e leia
  • Consumidores estão mais abertos ao consumo de marcas locais

    Continue lendo Clique e leia
  • Como as PMEs estão transformando o sistema bancário

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais