FCDL Notícias

Climatempo cria ferramenta com foco no varejo

A empresa de metereologia Climatempo percebeu que clima e varejo tem tudo a ver e aposta em nova plataforma para o setor. Mas, o que clima e varejo tem a ver? Muito! É por isso que foi criada a ferramenta com foco no aumento da venda de produtos e serviços no setor. Chamada de Advisor, a ferramenta tem como proposta oferecer análise climáticas que impactam diretamente o desempenho das vendas de produtos sazonais, a otimização do planejamento de marketing, de mídia e do impacto dos anúncios publicitários com base em variáveis meteorológicas.

De acordo com Carlos Magno, presidente do Grupo Climatempo, a ferramenta permite também o direcionamento de investimentos futuros baseados no perfil de venda para determinada vertical climática. “As marcas conseguem ter um panorama efetivo do desempenho nos meses subsequentes, o que permite direcionar todos os esforços, incluindo linhas de produções e campanhas publicitárias, com uma margem maior de segurança”, explica Magno.

Segundo o executivo, o serviço entrega gráficos com explicações meteorológicas, consultoria exclusiva e sugestão de plano de marketing para ações segmentadas. O custo-benefício da ferramenta varia de acordo com características específicas e com a cobertura geográfica solicitada. “O mesmo produto pode ser impactado por verticais climáticas distintas em cada região. Com a análise é possível determinar para quais localidades mandar quais produtos e em qual quantidade”, avalia Magno. “Oferecemos ainda a possibilidade de otimizar campanhas publicitárias imediatas, como em redes sociais, além de garantir um controle maior de estoque por cidade”, complementa o executivo.

Um exemplo prático, citado pelo executivo, diz respeito às vendas de ventiladores. Em tempos de altas temperaturas, a venda massiva do produto e de outros sistemas de climatização cresce consideravelmente. A análise da ferramenta aplicada ao caso revela que a intenção de compra só se converte no quarto dia, por exemplo. “Depois de três noites sofrendo com o calor, o consumidor resolve investir nos produtos. São esses tipos de insights que a solução promete entregar para as marcas”, explica Magno.

Segundo Magno, a empresa tem oportunidades em todos os seus canais que somam milhares de expectadores. O portal da marca recebe 11 milhões de visitantes únicos por mês. No aplicativo, são mais de 25 milhões de visualizações de tela nos aplicativos e um alcance de até 12 milhões de seguidores no Facebook.

O executivo afirma que a ferramenta é nova no Brasil, mas a análise e conversão de dados meteorológicos para direcionar o posicionamento de empresas e marcas é comum fora do País. “Companhias como a Nike e Walmart já utilizam soluções similares nos Estados Unidos para garantir um maior impacto de suas campanhas publicitárias, promoções e ações de venda”, finaliza Magno.

Fonte: Portal No Varejo

FCDL Notícias
  • Experiência phygital: como a tecnologia impacta o mercado de beleza e bem-estar

    Continue lendo Clique e leia
  • Estratégia de relacionamento do PayPal combina empatia e tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • Intraempreendedorismo e inovação em uma empresa familiar

    Continue lendo Clique e leia
  • 6 dicas infalíveis para aumentar as vendas no varejo

    Continue lendo Clique e leia
  • Varejo agora é high-tech

    Continue lendo Clique e leia
  • Jornada de compra: pesquisa mostra grau de preparo dos lojistas com cada etapa

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais