FCDL Notícias

Conheça 6 dicas de pós-venda no varejo

Como estão as suas estratégias de pós-venda no varejo? Se você tem atuado ativamente no mercado nos últimos anos, certamente vai responder que tem trabalhado bastante em suas ações.

Isso porque o pós-venda se tornou fundamental nessa nova época de compras que estamos vivendo, em que o consumidor não é mais passivo no processo de compra e venda. Mais do que chegar na loja, escolher entre as opções disponíveis, pagar, sair e pronto, o cliente se envolve com a marca da empresa bem antes de fazer a sua escolha, e isso continua após a compra.

Esse é o conceito de pós-venda: trata-se das etapas que ocorrem depois que o consumidor compra o seu produto, e que são fundamentais para fidelizar esses clientes, garantir novas indicações e fortalecer a imagem do negócio.

Confira agora 6 dicas para aplicar no seu varejo, garantindo o destaque e os lucros do seu negócio!

1. Treine a sua equipe para o atendimento pós-venda

Assim como os consumidores mudaram a sua forma de comprar, eles também esperam outras atitudes das equipes de vendas.

Muito mais do que uma abordagem empática e no momento certo, é preciso ter um time que esteja realmente disposto a contribuir com o cliente — tanto para encontrar o que ele busca quanto para tornar a sua experiência dentro da loja a melhor possível.

No pós-venda, isso não é diferente: pouco vai adiantar dispor os seus colaboradores a ouvirem a opinião dos compradores, por exemplo, se eles não estiverem preparados para ajudar nas dúvidas e, até mesmo, ouvirem reclamações.

Uma boa equipe de pós-venda (seja ela ativa ou passiva) deve conhecer profundamente o produto ou serviço que foi vendido, a fim de conversar sobre ele de forma eficiente. Somente assim o cliente vai se sentir realmente ouvido, compreendido e atendido.

2. Demonstre interesse pela satisfação do cliente

Tão importante quanto ouvir o que o seu consumidor tem a dizer é se interessar verdadeiramente pela sua opinião.

No pós-vendas a empatia é fundamental: coloque-se no lugar do seu cliente — que pode, sim, estar plenamente satisfeito com a compra — mas que também pode não estar. Independentemente do valor daquilo que ele comprou, houve uma busca, uma escolha e uma expectativa, que se não foi cumprida, precisa ser solucionada.

Ter interesse pelo que está acontecendo já é “meio caminho andado” para deixar esse comprador mais satisfeito, e o primeiro passo para abrir um canal de comunicação eficiente com ele.

3. Aprenda com o feedback dos compradores

Certamente, não serão apenas opiniões negativas que a sua equipe de pós-venda vai receber dos compradores. Se o seu trabalho acontecer de forma ativa, vai ouvir tanto os elogios quanto as reclamações e sugestões de melhorias.

A dica, aqui, é anotar simplesmente tudo — e colocar em prática sempre que possível, aperfeiçoando o seu produto e serviço.

Isso porque por mais que diversos estudos tenham sido feitos antes do início das vendas, é ali, no dia a dia, atendendo às mais diversas expectativas, que vamos poder observar se o desejo foi atendido. E se você deseja continuar no mercado, com clientes satisfeitos e fidelizados, a melhor atitude é aprender com esses feedbacks.

4. Ofereça diferenciais e exclusividade

Uma das expectativas de cada um dos seus clientes é se sentirem especiais — como, de fato, são, não é mesmo?

As estratégias de pós-venda são excelentes formas de mostrar para o comprador de que ele é sempre lembrado e considerado pela sua empresa, um verdadeiro parceiro da marca.

Vale lembrar que não são necessários grandes investimentos, com o envio de presentes ou altos gastos. Atitudes simples, com foco na humanização da empresa e que façam o seu consumidor se sentir parte de um grupo seleto de pessoas, são mais fáceis de serem colocadas em prática do que você imagina. Veja:

– divulgue os lançamentos com prioridade, alguns dias antes do anúncio para o “público geral”;

– faça convites para coquetéis de lançamentos de produtos, coleções, nova estação etc.;

– ofereça descontos exclusivos, com um cartão vip;

– não se esqueça das datas especiais, como aniversário, Dia das Mães e Natal, oferecendo ofertas especiais.

5. Faça benchmarketing

Em poucas palavras, podemos definir o benchmarketing como as práticas que uma empresa utiliza para analisar a concorrência e também avaliar o seu posicionamento no mercado.

Claro que a dica, aqui, não é copiar o que os seus concorrentes estão fazendo, mas saber o que está acontecendo no seu segmento é fundamental, não apenas para aprender com os erros e os acertos das outras empresas como também para sair na frente — afinal, os consumidores são atraídos por novidades!

Por meio do benchmarketing, por exemplo, é possível acompanhar o feedback dos compradores de outras empresas, antecipando as suas ações, a fim de não repetir o erro já apresentado por outro negócio.

É como se o seu cliente pensasse: na empresa XIS (o seu concorrente), tive determinado problema, mas, agora (na sua empresa), deu tudo certo! Um ponto positivo e tanto para a imagem do seu negócio e para a fidelização desse consumidor.

6. Ofereça conteúdos relevantes

Por meio de um marketing de conteúdo eficiente, é possível trabalhar o seu pós-venda de uma forma bastante positiva e forte, visto que a sua marca vai sendo gradativamente “trabalhada” na mente do consumidor, sem um relacionamento forçado ou invasivo.

Ao oferecer conteúdos relevantes, a sua empresa:

– reforça a autoridade no assunto, mostrando que é capaz de solucionar um problema do cliente, quando ele surgir;

– mantém a sua marca sempre presente, fazendo com que ela seja a primeira a ser lembrada assim que o consumidor estiver pronto para comprar novamente;

– mostra que você está interessado nas dores do cliente, buscando ajudá-lo por meio de conteúdos, e não apenas forçando as vendas.

Fazer um pós-venda no varejo realmente eficiente é essencial para que a sua marca seja sempre lembrada e buscada em um mercado cada vez mais acirrado. Lembre-se de que o consumidor tem muitas opções, tanto de empresas quanto de produtos e, na maioria das vezes, o preço também se assemelha. É o que você oferece além que vai fazer com que ele opte pela sua marca ou loja. 

 

Fonte: Blog Listen X

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais