FCDL Notícias

Dia das Crianças: vendas em outubro devem crescer 8%

Este mês promete trazer um novo aquecimento para as vendas do varejo,
sobretudo devido ao Dia das Crianças. De acordo com levantamento da
ALSHOP (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), a data
comemorada no feriado religioso de Nossa Senhora Aparecida, deverá
trazer um grande fluxo de pessoas aos shoppings e um aumento nas
vendas de até 8% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Segundo levantamento feito com a rede de lojas Ri Happy, os brinquedos
mais desejados pelas crianças continuam sendo os licenciados e
personagens de mídia. Entre os destaques estão as bonecas Baby Alive,
LOL, Hot Wheels, Marvel, Toy Story, Lucas Neto, Patrulha Canina, PJ Mask,
Slime e jogos de tabuleiro.

“O Dia das Crianças é uma data muito importante para o varejo e o último
trimestre do ano é uma excelente oportunidade para os varejistas
trabalharem com condições especiais, brindes e ações de relacionamento
com o cliente”, afirmou Luís Augusto Ildefonso, diretor institucional da
ALSHOP.

Pesquisa realizada pela Social Miner/Opinion com mais de mil
consumidores de todas as regiões do Brasil, 58% dos entrevistados
pretendem fazer compras no Dia das Crianças. Ainda segundo o
levantamento, 72% disseram que devem comprar brinquedos para dar de
presente.

Para celebrar o momento, algumas lojas do segmento irão realizar
atividades lúdicas e gratuitas com as crianças, com o objetivo de incentivar
a relação entre pais e filhos.

Fonte: Portal Mercado & Consumo

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais