FCDL Notícias

Dicas práticas para manter eficiência da loja em meio à pandemia

A consultora Fátima Merlin explica, sob a ótica do gerenciamento por categoria, como as áreas comercial e de operações podem agir para minimizar os efeitos da Covid-19 no seu supermercado

A corrida desenfreada da população aos supermercados com a rápida proliferação da Covid-19 é um dos momentos mais desafiadores da história do varejo alimentar brasileiro. O período exige atenção redobrada ao mix e à execução, com decisões rápidas e assertivas. Especialista em gerenciamento por categorias, Fatima Merlin, CEO da  Connect Shopper ,  selecionou dicas práticas para ajudá-lo nessa tarefa:  

O que a equipe comercial deve fazer

1. “Recomendamos análises avaliando venda média diária x dias em estoque e redução de estoques de produtos das curvas B e C para suprir a necessidade de ampliar a compra de produtos essenciais”. Essa ação vai ajudar a manter o estoque saudável em dias e em valor, conforme destaca Fátima, que também é idealizadora do grupo Mulheres do Varejo e autora do livro “Shoppercracia”, publicado pela Poligrafia Editora

2. É hora de reduzir ou até suspender ações de ofertas e promoções, pois neste momento de cautela, não se faz necessário estimular a compra por impulso

O que o pessoal de operação de loja deve fazer

1. Revisão do espaço em gôndola, aplicando o “fair share”, ou seja, a participação justa, porém considerando a revisão das participações neste último mês e com ações quinzenais, o que permite reduzir o esforço da equipe para o abastecimento. Essa ação é muito relevante diante do aumento substancial das vendas de vários produtos X reabastecimento mais frequente; X número de colaboradores e X ausências de alguns por inúmeras razões

2. Disponibilizar alertas diários em uma lista com, por exemplo, os TOP 10 produtos essenciais atuais que ficaram sem vendas no dia anterior para que a equipe de loja, antes da abertura, dê prioridade a estes produtos para o abastecimento das gôndolas. Paralelamente, identifique diariamente os estoques em loja destes produtos para acionar o depósito ou a equipe comercial, sempre que necessário

3. Definir horários diferenciados e alternados para o abastecimentos. É hora de esquema especial para minimizar ruptura

4. Para evitar aglomerações, considere organizar filas externas com distância definidas e entrada parcial de clientes parciais, explicando as razões da iniciativa

Por fim, já que a crise está instalada, além das ações para minimizar seus efeitos, Fátima Merlin recomenda acompanhar de perto o dia a dia dos consumidores durante e, sobretudo, após esse período. “Sem dúvida, grandes aprendizados ocorrerão, com possibilidade de mudanças significativas em hábitos e comportamentos em aspectos que vão desde o cuidado básico com a saúde, com a casa, mas também com a alimentação”, analisa.

 

Fonte: Portal S.A. Varejo

FCDL Notícias
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • Conheça as 11 formas de pagamento mais usadas atualmente

    Continue lendo Clique e leia
  • Varejo atual precisa estar “próximo, disponível e pronto para o cliente”

    Continue lendo Clique e leia
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais