FCDL Notícias

Empresas sustentáveis: o que podemos aprender com elas?

Sustentabilidade é um assunto em pauta nas conversas do dia a dia das pessoas,
inclusive dentro das empresas. Promover uma ação sustentável ou desenvolver um
projeto em prol do meio ambiente têm se tornado uma iniciativa recorrente em
companhias no mundo e no Brasil.

O aumento do número de empresas sustentáveis também tem sido significativo. No
Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, o que podemos aprender com
iniciativas sustentáveis de grandes empresas?

Google
Acreditando no potencial das tecnologias verdes, o Google já investiu mais de 780
milhões de dólares no setor de energia limpa em projetos inovadores. Em setembro
do ano passado, a empresa sustentável anunciou um financiamento de 75 milhões
de dólares para a instalação de painéis fotovoltaicos em centenas de residências
americanas.

Natura&Co
Um dos grandes cases nacionais de empresas sustentáveis é a Natura. Reconhecida
como uma das mais humanizadas do país, a companhia também é tida como uma
fabricante de produtos de beleza com grande preocupação socioambiental. A
Natura conseguiu, ao longo dos anos, repassar sua percepção de valor aos clientes
de como a proteção à natureza e às riquezas naturais das florestas.

Para isso, a marca utiliza estratégias de marketing e projetos colaborativos com
comunidades tradicionais. A Natura desenvolve parcerias com produtores rurais
para a exploração consciente e o manejo controlado de algumas das riquezas
naturais do país, como a castanha do pará, a erva doce, entre outros. Com essas
estratégias, a empresa consegue gerar uma boa renda para os agricultores e
preserva a natureza com a adoção de práticas conservacionistas.

Unilever
A Unilever é uma das maiores empresas sustentáveis de embalagens do mundo e
está presente no mercado há mais de 30 anos. Por conta do ramo de atividade, com
a produção de mercadorias feitas a partir de plástico, borracha e papel, a empresa já
foi uma das que mais causava impactos na natureza.

A Unilever tomou consciência da sua atividade e do que ela poderia causar ao meio
ambiente e reformulou o design de todos os seus produtos, visando diminuir o
consumo de plástico, papel e borracha. Essa proposta deu tão certo, que a empresa
alcançou um índice de redução de 305%.

Kering SA
A empresa francesa mais conhecida pelas marcas de consumo que possui – as grifes
Gucci, Yves Saint Laurent e Alexander McQueen, está entre uma das mais
sustentáveis do mundo. A companhia mostrou que leva a sustentabilidade a sério,
utilizando mais de 40% de produtos vindos de fontes sustentáveis certificadas.

Outro fator notável é que mais de 60% do conselho de diretores da Kering é
formado por mulheres – a média de grandes corporações é menor do que 20%.

Reserva
A Reserva reúne um case de atividades humanizadas e propostas sustentáveis. Um
dos projetos são as roupas sustentáveis e com tecnologia aplicada, que utilizam
fibras como cânhamo, algodão orgânico e algodão colorido na linha das camisetas,
polos e básicos.

O jeans, feito com sobras da produção, reduz o processo de lavagem – o material é
um dos maiores poluentes da indústria têxtil. Mas a iniciativa mais conhecida da
Reserva é o 1P5P, 1 peça, 5 pratos. A ação da marca converte peças de roupa em
pratos de comida para pessoas em situação de insegurança alimentar, que sofrem
com falta de acesso físico, social e econômico a alimentos.

Segundo o IBGE, um em cada quatro brasileiros – cerca de 25% da população –
encontra-se nesta situação. Até o final de 2018, já foram levantados mais de 8,5
milhões de pratos de comida para quem passa fome no país.

 

Fonte: Consumidor Moderno

 

FCDL Notícias
  • Varejo agora é high-tech

    Continue lendo Clique e leia
  • Jornada de compra: pesquisa mostra grau de preparo dos lojistas com cada etapa

    Continue lendo Clique e leia
  • Lojas Biônicas se tornam realidade

    Continue lendo Clique e leia
  • Vídeos geram 30% mais vendas do que fotos nas redes sociais, revela estudo

    Continue lendo Clique e leia
  • Consumidores estão mais abertos ao consumo de marcas locais

    Continue lendo Clique e leia
  • Como as PMEs estão transformando o sistema bancário

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais