FCDL Notícias

Entenda a importância da gestão de estoque para um negócio

A gestão de estoque de uma empresa pode representar a espinha dorsal
de todo o negócio

Quando falamos em estoque, algumas perguntas já aparecem de pronto
em nossa mente: qual o impacto do estoque em meu fluxo de caixa?
Como está o controle das entradas e saídas do meu estoque? Como está
meu giro de estoque?

A gestão de estoque de uma empresa pode representar a espinha dorsal
de todo o negócio, e ter as respostas sobre seu estoque pode ser vital
para determinar o sucesso ou o fracasso dos resultados da empresa.

Segundo Fernando Mello, SEO da Saraf Controle Patrimonial, “o estoque
pode representar o maior ativo da empresa, sendo muitas vezes o
principal responsável pelo fluxo de caixa do negócio. Implantar e manter
uma gestão adequada pode garantir a saúde financeira da empresa e
maximizar os lucros”, explica.

Mas o contrário pode acontecer, pois a falta de gerenciamento de
estoques ocasiona problemas básicos para uma empresa, dentre os quais
podem ser citados, perda de material, compras desnecessárias, ruptura na
venda por falta de produto e uso de espaço desnecessário.

Empresas desorganizadas normalmente se perdem nesse controle e o
caos se estabelece. Mas esse tipo de situação não pode mais ocorrer, por
isso cada vez mais são apresentadas ferramentas de controle de estoque.

“Existem diversos sistemas que podem ajudar a melhorar a gestão dos
estoques. Desde sistemas integrados, que possuem módulos específicos
para a gestão de materiais, até sistemas específicos nesta disciplina. Se a
empresa ainda não se vê pronta para investir num software, deve ao
menos implantar os processos e realizar os controles com o auxílio de
planilhas eletrônicas”, explica Mello.

Para uma gestão de estoques eficiente, a empresa precisa ter controles de
movimentação de materiais, desde o recebimento, passando pela
armazenagem até a expedição, sempre buscando otimizar os níveis de
estoque para garantir a produção e o atendimentos às vendas realizadas,
mas com atenção para não inflar o estoque e ficar com mercadorias
paradas devido ao baixo giro.

“É essencial que a gestão de estoques esteja alinhada às demandas do
departamento de vendas, transcendendo os aspectos logísticos, sendo
necessária uma boa gestão financeira para garantir o fluxo de caixa
sempre positivo e a integração com a contabilidade, gerando as
informações necessárias para a elaboração do balanço patrimonial e
demonstrativo de resultados do exercício”, detalha.

Feito isso, os benefícios são muitos, sendo que a gestão de estoques que
integra vendas, logística, financeiro e contabilidade gera melhores
resultados para a empresa, aumenta a performance financeira com
melhores compras, reduz perdas, melhora o fluxo de caixa e ainda garante
o atendimento a seus clientes, maximizando os lucros e o valor do
negócio.

Veja cuidados importantes na hora de estruturar essa área:

• Analisar as necessidades de quantidades de matérias-primas para
manter o mínimo necessário e não parar a produção

• Conhecer a necessidade das demandas do departamento de vendas

• Monitorar o giro das mercadorias, definindo as quantidades mínimas e
máximas no estoque para não perder vendas

• Implantar procedimentos e controles de entrada, armazenagem,
requisições de almoxarifado e expedição

• Equalizar prazos para compra e venda para otimizar o fluxo de caixa

• Garantir que todas as movimentações sejam devidamente registradas na
contabilidade da empresa

• Utilizar a tecnologia para garantir a eficiência dos controles implantados

Feito isso, segundo Fernando Mello, o caminho é ter controle para saber
se todos os processos estão de acordo com a necessidade, para tanto é
preciso realizar inventários periódicos para garantir a eficácia dos
controles aplicados. Além disso, manter o estoque organizado para
garantir o fluxo de produção e atender prontamente as vendas realizadas.

Por fim, elaborar e analisar indicadores de desempenho para avaliar a
performance financeira da empresa e manter uma cultura de melhoria
contínua.

A partir daí as chances de perdas, rupturas ou prejuízos para os negócios
serão muito menores e a chance de um negócio crescer de forma
sustentável é muito maior.

Ter o controle do estoque em suas mãos é uma das ações que ajudam a
manter um fluxo financeiro saudável, afinal, trata-se do gerenciamento de
capital da empresa e com essas informações fica mais fácil e seguro traçar
as estratégias para o crescimento de seu negócio!

Fonte: Administradores.com

FCDL Notícias
  • Varejo agora é high-tech

    Continue lendo Clique e leia
  • Jornada de compra: pesquisa mostra grau de preparo dos lojistas com cada etapa

    Continue lendo Clique e leia
  • Lojas Biônicas se tornam realidade

    Continue lendo Clique e leia
  • Vídeos geram 30% mais vendas do que fotos nas redes sociais, revela estudo

    Continue lendo Clique e leia
  • Consumidores estão mais abertos ao consumo de marcas locais

    Continue lendo Clique e leia
  • Como as PMEs estão transformando o sistema bancário

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais