FCDL Notícias

Especialistas dão boas dicas de VM para aumentar as vendas no Dia das Crianças

Investir no lúdico, em espaços ‘instagramaveis’, em vitrines chamativas e
pontos de atração no interior da loja são algumas sugestões, mas, acima
de tudo, é necessário fazer um planejamento e ter profissionais
capacitados

“O lúdico sempre. Crianças e adultos são atraídos pelo lúdico nesta época.
Para tal, cenários e movimentos de manequins que apostem no tom da
“brincadeira”, além de espaços instagramáveis, uma boa maneira de atrair
consumidores para o espaço físico, e chamar a atenção nas divulgação nas
redes sociais”, diz Ará Candio, especialista em Visual Merchandising há
mais de 20 anos, e fundador da VIU – Visual Identidade Única.

Já Endrigo Pontes, cofundador da Vitrail, ressalta que o fundamental é,
antes de tudo, fazer um planejamento. Definir com antecedência quais
produtos a loja terá para a data, quantidade, quando estarão disponíveis
na loja e se atendem o que o público procura. “Independentemente do
tamanho da empresa o planejamento deve existir. É possível fazer vitrines
lindas com criatividade e investimento comedido em materiais. Um
profissional da área de VM pode ajudar muito neste ponto”.

Pontes também destaca que o varejista não pode limitar o trabalho de VM
apenas a vitrine, é importante que esteja em toda a loja. “O que se faz na
vitrine tem que ter uma continuidade e sinergia com o interior da loja. É
importante criar pontos de atração, seja em mesas ou expositores de
parede, que deem ênfase aos produtos novos e também aos que tem
grande quantidade em estoque. É o momento de vender. Além disso, é
também fundamental criar sugestões de uso do produto e indicar os
acessórios que combinam. Isso contribui muito para o aumento nas
vendas e gera segurança em quem compra”.

Candio concorda: “Planejar sempre. A antecipação do planejamento a ser
implantado em datas comemorativas como o Dia das Crianças é
necessária por questões financeiras e criativas. Caso contrário, acaba-se
apenas com um possível adesivo de ‘feliz dia das crianças’ nas vitrines e
consumidor nenhum é mais atraído apenas por isso”. Conforme o
especialista, as datas sazonais bem trabalhadas informam e relembram
aos consumidores do que se está por vir. “E diferenciam, quando bem
trabalhadas em seus VMs, de uma loja concorrente a outra. De um tipo de
público a outro”.

A importância do VM

Conforme Candio, o VM é ferramenta essencial para vendas. “Loja e VM
caminham juntos há décadas. Apenas valores e bons serviços não fazem a
venda, tem que estar junto com uma boa exposição de produtos, que
atraiam e fidelizem consumidores de cada marca”.

Pontes completa ao dizer que essas sugestões de VM não se restringem
apenas as datas sazonais, mas a qualquer campanha que o varejista venha
a implantar no PDV. “O VM é importante o ano todo. As sazonalidades são
temas que podem ser explorados e aproveita o aumento no fluxo das
pessoas nos shoppings e locais de compras para vender mais. O VM é um
vendedor invisível, ele faz a mágica acontecer dentro do espaço físico, faz
despertar o desejo por um determinado produto, conta histórias através
da exposição dos itens, traduz o que a marca quer transmitir ao público; e
o que pouca gente sabe é que o VM se baseia muito em métricas e busca
de resultados para a loja, não se restringe apenas ao estético. O VM é
muito mais estratégico”.

Fonte: Portal do Varejo

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais