FCDL Notícias

Fabricante e varejista de moda, Quiksilver planeja ampliação com franquias

A Quiksilver, fabricante e varejista de vestuário, calçados e óculos, planeja ampliar neste ano no Brasil a sua rede de lojas das atuais 9 unidades para 15, por meio de franquias. Gustavo Belloc, diretor¬geral da Quiksilver no Brasil, disse que fechou acordo para abrir uma loja em Canoas (RS) e negocia com empreendedores a abertura de unidades em Santos, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

Atualmente, a empresa possui três lojas e seis franquias, todas concentradas em Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. A companhia também vende produtos de marca própria ¬ Quiksilver, Roxy e DC Shoes ¬ para 1,5 mil lojas multimarcas. “A companhia busca crescimento com vendas diretas aos consumidores, por meio de franquias e sites de comércio eletrônico, abertos em 2016”, disse o executivo.

Belloc não informou a receita alcançada no Brasil em 2016. Ele disse apenas que as vendas fecharam o ano com “uma pequena queda em relação a 2015”, devido ao desempenho fraco nas redes multimarcas. A rede de lojas da empresa teve aumento de 18% em vendas no ano, para R$ 15 milhões.

Para 2017, o executivo prevê um crescimento de 50% na sua rede de lojas, chegando a R$ 22,5 milhões. Para a operação total, incluindo o varejo multimarcas, ele calcula crescimento de 30% no em 2017. “O ano ainda está difícil, mas dá sinais de recuperação na economia. A rede cresceu em janeiro, com ganho de participação de mercado sobre concorrentes menores”, afirmou.

Belloc também considera que a inclusão do surfe nos Jogos Olímpicos de 2020 pode ajudar a impulsionar as vendas do setor. Outras concorrentes já anunciaram planos de expansão. O Grupo Amazonas, de Franca (SP), assumiu a licença da marca de surfe Reef, do grupo americano VF Corporation, e anunciou planos de ampliar a oferta local de produtos. A americana Iconix Brand Group informou que pretende trazer de volta ao país neste ano a marca Ocean Pacific (OP), que teve atuação no Brasil nos anos 80 e 90.

No prazo de três anos, Belloc planeja chegar a 30 lojas da Quiksilver no Brasil, apenas com franquias, incluindo operações em outras capitais e cidades litorâneas. As lojas variam de 40 metros quadrados a 120 metros quadrados. O investimento inicial varia de R$ 350 mil a R$ 700 mil e o prazo de recuperação do investimento fica entre dois e três anos. Do total de linhas vendidas nas lojas, 85% são fabricadas no Brasil e 15% são importadas.

A Quiksilver é uma empresa de origem australiana fundada em 1969 e com sede na Califórnia, nos Estados Unidos. Em setembro de 2015, a empresa pediu proteção contra credores sob o Capítulo 11 da Lei de Falências americana, similar à recuperação judicial no Brasil. À época, a empresa tinha uma dívida de aproximadamente US$ 826 milhões.

No seu plano de recuperação, a Quiksilver previa tomar US$ 175 milhões emprestados da Oaktree Capital Management e do Bank of America. A Oaktree também trocaria créditos por uma participação de 70% na empresa. O plano envolvia apenas a operação nos Estados Unidos e foi aprovado pela Corte de Delaware em janeiro de 2016. Belloc disse que hoje a empresa tem uma operação saudável nos EUA e conseguiu reduzir a sua dívida para cerca de US$ 270 milhões. A Quiksilver tem capital fechado a não divulga balanço.

Fonte: Portal Valor Econômico

FCDL Notícias
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • Conheça as 11 formas de pagamento mais usadas atualmente

    Continue lendo Clique e leia
  • Varejo atual precisa estar “próximo, disponível e pronto para o cliente”

    Continue lendo Clique e leia
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais