FCDL Notícias

Iniciativas que engajam colaboradores

Cada vez mais o que move as equipes dentro de uma empresa são aspectos como propósito e diversidade. A partir da pandemia, esses atributos pesam ainda mais na identificação das pessoas com as empresas.

Confira neste artigo algumas dicas para engajar o seu time:

1 – Fazer parte de uma atividade essencial e ser visto como alguém que sai de casa para ajudar as pessoas a abastecerem seus lares foi o reconhecimento da sociedade aos profissionais do varejo, especialmente aos que atuam nas lojas. “Esse sentimento acendeu uma chama forte nas equipes e tem sido algo muito bonito de se ver”, afirma Maria Schneider,  diretora de RH do GPA, que participou de um webinar de SA Varejo sobre o tema pessoas. Ela é complementada por Vanessa Sandrini, conselheira e presidente do Instituto Mulheres do Varejo. “Isso criou um propósito muito grande, com o time de operações vendo o quanto cada um era indispensável e que, sem o seu trabalho, a comida não chegaria à casa dos clientes. Isso foi essencial para as lojas continuarem funcionando”, avalia a executiva

2 – Movimento que já vinha em expansão, a diversidade é outro aspecto que tende a ganhar força nas empresas como atributo capaz de engajar o time. Um dos eixos dessa nova engrenagem é a participação feminina. Segundo Julio Campos, VP de vendas da Unilever, um equilíbrio entre mulheres e homens ajuda a construir soluções mais holísticas. “Há 12 anos, 70% da nossa equipe era masculina e apenas 30%, feminina. Seis anos atrás, alcançamos 50% cada”, conta

3 – Atual diretora de novos negócios da JHSF, Vanessa Sandrini lembra que o varejo ainda é tradicional e que as mulheres continuam mais presentes em áreas de apoio. Contudo, quando atuam em setores relacionados diretamente ao negócio, elas contribuem conferindo velocidade aos projetos e bons resultados, como a executiva viu acontecer muitas vezes em sua carreira

4 – Para desenvolver suas líderes mulheres, o GPA implementou no ano passado um programa de seis meses para as gerentes da companhia. Participaram mais de 400 colaboradoras. “Vamos retornar, ainda em 2020, estendendo o projeto a chefes de operação, consultoras, coordenadoras, entre outras posições”, afirma Maria, do GPA

5 – A inclusão, entretanto, passa também por ter na equipe participação de refugiados, negros, LGBTs, entre outros. “Temos marcas presentes em 100% dos lares brasileiros, portanto o correto é que todos os segmentos da sociedade estejam representados no desenvolvimento de nossas estratégias e na definição de soluções para o consumidor”, enfatiza o VP de vendas da Unilever.

 

Fonte: S.A. Varejo

FCDL Notícias
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • Conheça as 11 formas de pagamento mais usadas atualmente

    Continue lendo Clique e leia
  • Varejo atual precisa estar “próximo, disponível e pronto para o cliente”

    Continue lendo Clique e leia
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais