FCDL Notícias

Inovação e tecnologia são as armas necessárias para as pequenas e médias empresas pós-quarentena

Reduzir os custos, aumentar a produtividade e ainda conquistar a satisfação dos funcionários é o novo modelo de negócio que irá alavancar as empresas com visão inovadora

Iniciamos o ano com imensa expectativa de que este seria o melhor, considerando o momento de recuperação econômica do país, o que muitos não esperavam que um vírus revelaria ao mundo a necessidade de avançar tão rapidamente em tecnologia e inovação para continuidade dos negócios.

Diante da pandemia COVID-19, muitas empresas tiveram que se reinventar às pressas, outras não conseguiram ter fôlego suficiente e quebraram, mas quem é o responsável por isso? Por que muitos quebraram?

Bom, antes de tudo quero lhe dizer que não é o vírus COVID-19 o vilão dessa história. Como assim? Vou te explicar, a expressão do filósofo Heráclito “A única coisa permanente é a mudança” nos ensina que a mudança é a única maneira de sobreviver no mercado competitivo e que isso é como o banho, deve ser diário. Mudar não é uma opção, é uma necessidade.

Em tempos contemporâneos ignorar o avanço tecnológico e tudo que este pode nos oferecer é como pular do penhasco sem sofrer arranhões.

Não aproveitar todos recursos tecnológico e inovação para o seu negócio é como entrar em uma jaula com leões e esperar que não seja despedaçado por eles, e esta é uma das razões por que muitos quebram, acreditam que os leões são dóceis e se esquecem do seu extinto.

Sam Walton disse “Só existe um chefe: o cliente, e ele pode demitir todas as pessoas da empresa. Do presidente do conselho até o faxineiro. Simplesmente levando o dinheiro para gastar em outro lugar”. Antes de ignorar a inovação é preciso considerar que não importa o ramo de atuação – os clientes não aguardam, eles têm pressa; os concorrentes não terão pena de devorá-los, aliás é o extinto deles, e em tempos de crise a luta é pela sobrevivência, ou seja, de agora em diante quem está na frente em tecnologia e inovação ganha o cliente e se mantém no mercado.

Plano de Ação

No Brasil as restrições decorrentes da COVID-19, obrigaram as empresas implementarem rapidamente inovações tecnológicas e corporativas. Por exemplo, o home office que para muitos era impossível até o COVID se tornou a solução para continuidade dos negócios, esse comportamento nos relembram as palavras de Nelson Mandela “Tudo parece impossível até que seja feito” sim, tudo parece impossível, mas não é.

Reduzir os custos, aumentar a produtividade e ainda conquistar a satisfação dos funcionários é o novo modelo de negócio que irá alavancar as empresas com visão inovadora.

Usar a tecnologia para gerir e oferecer seus produtos e/ou serviços não podem ser uma ação momentânea, e sim constante.

Negócios x Quarentena

Uma pergunta importante e reflexiva “Como o seu negócio sobreviveu durante a quarentena?”

Ainda que ações para continuidade dos negócios não tenham seguido um planejamento estratégico bem elaborado, se você já tem resposta para a pergunta acima é sinal que o seu negócio sobrevive de maneiras inovadoras, sendo assim, cabe aos donos, CEOS ou diretores responsáveis pela continuidade deste, e essas ações agora de forma bem estruturada devem fazer parte do seu plano pós-quarentena.

Os negócios pós-quarentena

A retomada pós-quarentena já prediz que será difícil, visto que, temos um expressivo aumento de desemprego, taxa de juros e os consumidores com comportamento mais restritivo.

Mas um velho ditado diz “Há males que vêm para o bem”, no período pós-quarentena as empresas terão que reavaliar sua forma de atuação, aplicar mudanças nas regras organizacionais, realizar nova forma de gestão financeira e administrativa e ter a participação mais afetiva de profissionais saúde e psicologia entre outros.

Inovação e tecnologia serão as palavras-chaves nos próximos tempos.

* por Rafael Esmeraldino, MBA em Gestão Empresarial 

 

Fonte: Administradores.Com

FCDL Notícias
  • Exemplos da China: IA, tecnologias e experiências que podem inspirar os lojistas brasileiros

    Continue lendo Clique e leia
  • Marketplace: estratégia que pode fazer a diferença

    Continue lendo Clique e leia
  • Gentileza vende, então evite desgentilezas

    Continue lendo Clique e leia
  • Cliente Sebrae: página reúne mais de 100 cases inspiradores de empreendedorismo

    Continue lendo Clique e leia
  • Uso estratégico do Pix no varejo: o valor está nos dados

    Continue lendo Clique e leia
  • Comportamento do consumidor: a importância e os caminhos para entendê-lo

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais