FCDL Notícias

Nova era de consumo e gestão: você está preparado?

A era da transformação digital trouxe mudanças muito profundas na sociedade atual e, naturalmente, impactou o consumo. O marketing sofreu diversas variações, justamente porque, em cada período, a sociedade tinha comportamentos, hábitos e demandas distintos. O consumidor 4.0 deu início a mais uma transformação e criou novas oportunidades de negócio, na inovação, na tecnologia e na criatividade das pessoas.

Tudo isso gerou um ciclo de evolução natural. Com as nossas entidades de classe, não é diferente. O movimento CDL Jovem foi criado para desenvolver jovens líderes, por meio da troca de experiências, busca de inovação e mobilização associativista, para que tenham uma atuação empreendedora e de destaque na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), nos negócios e na sociedade.

Nesse contexto, o grande desafio é unir a sabedoria de quem passou por esse caminho e a vitalidade de quem está começando, para contribuir com uma gestão eficaz, tendo como valor principal a confiança entre as duas gerações.

Está comprovado que os consumidores são fidelizados quando vivem boas experiências e até viram defensores da marca. Para manter relevância no mercado, só há um caminho: compreender os hábitos do consumidor 4.0 e se adaptar às novas tecnologias. Nessa conjuntura, a CDL Jovem é uma das formas de criar a conexão com a nova era. Com estratégias sólidas, é possível ter bons resultados e estar preparada para os desafios que a inovação propõe ao mercado de consumo.

Outro ponto a ser destacado é adotar uma gestão 4.0, ou seja, incentivar ações descentralizadas que permitam ganho de tempo para focar em atividades específicas e gerar estratégias que agreguem valor à companhia e à experiência com o cliente, o que acaba aumentando a produtividade da equipe e a vantagem competitiva conquistada.

Sob esse contexto, as habilidades que mais oferecem um diferencial na hora de lidar com o cliente são as que envolvem capacidade de inovação, espírito empreendedor, curiosidade, criatividade, imaginação, inteligência social e inteligência emocional.

E, claro, não podemos esquecer a importância de uma comunicação clara e objetiva. Projetar o propósito de uma marca para o público é um trabalho que exige comprometimento e aperfeiçoamento contínuo. Em uma era em que tanto falamos sobre propósito de vida e reforçamos a diferença entre preço e valor, é preciso saber o motivo pelo qual existe determinado produto e serviço e se a empresa também está alinhada com esse propósito no ambiente virtual. O que ela é na vida real condiz com suas publicações e mensagens transmitidas on-line? Conexão e relacionamento exigem personalidade e constância, e cuidar da imagem pessoal nas redes sociais é imprescindível nessa fase da transformação digital.

Maslow já nos dizia: “Podemos escolher recuar em direção à segurança ou avançar em direção ao crescimento. A opção pelo crescimento tem que ser feita repetidas vezes. E o medo tem que ser superado a cada momento”.

 

Fonte: Revista Varejo S.A  

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais