FCDL Notícias

Novos empresários devem esperar o tempo de maturidade dos negócios

Com o alto índice de desemprego, muita gente que ficou sem trabalho pensa em montar o próprio negócio, mas o retorno do investimento não acontece do dia para a noite. O repórter Marcelo Baccarini, do Portal G1, conversou com o consultor Antonio Terassovich e ele foi duro: é preciso equilibrar o emocional antes de focar nos números. “O investidor não sabe lidar com a expectativa e vai ficar nervoso. Tem que ter paciência”.

Dentro do plano de negócio, tem o tópico finanças e dentro dele o fluxo de caixa, que nada mais é do que a movimentação de dinheiro (quanto você ganha e quanto você gasta) em um determinado período. O empresário precisa projetar o fluxo por um ano para pegar períodos de sazonalidade, como chegada do frio ou do verão.

A partir do fluxo de caixa ele vai chegar à receita da empresa. Disso são tirados custos variáveis, como comissões de venda ou contas de luz, para se chegar à margem de contribuição. Ela serve, por exemplo, para pagar os custos fixos, como salários e aluguel. O que sobrar é o lucro. “É esse lucro que vai dar o retorno do capital investido”, explica o consultor.

Além de ter paciência, o empreendedor deve minimizar riscos. O tempo de retorno deve ser considerado, para evitar problemas. “Uma loja de varejo de rua por exemplo, é de um ano para cima. Negócios demoram para amadurecer. Se você tentar colher o fruto antes de estar maduro, vai comer verde”.

Fonte: Portal Gouvêa de Souza

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais