FCDL Notícias

O Boticário leva realidade aumentada para dentro de loja

A rede de franquias O Boticário inaugurou um novo conceito de loja que traz
diversas ferramentas tecnológicas usadas pela primeira vez no varejo de beleza para
propor ao consumidor uma experiência que promete aguçar ainda mais os sentidos
e criar uma maior aderência com a marca.
Realidade aumentada, espelho interativo de make, sistema omnichannel, pick up
store e pagamento com celular são algumas dessas tecnologias implantadas no
Boticário Lab, loja interativa já em atendimento no Shopping Pátio Batel, em
Curitiba.
Por enquanto, o novo formato não tem previsão de ser implantado em outro local.
Porém, segundo a diretora de Comunicação do O Boticário, Cristiane Irigon, a marca
está sempre atenta às oportunidades de mercado e busca criar novas experiências
de varejo aos consumidores de todo o país.“Expandir esse projeto para outras
praças é uma possibilidade futura. Por enquanto, vamos observar como o
consumidor interage com esta primeira loja”, confirma.
Para a rede, o Boticário Lab é mais do que uma loja-conceito, mas um novo conceito
de loja, já que proporciona experiências imersivas, produtos e serviços exclusivos e
tecnologias que facilitam o acesso aos produtos de forma customizada. Por
exemplo, os membros do Clube Viva podem ter atendimento personalizado e
direcionado às suas preferências, por conta das informações pessoais já retidas pelo
uso da tecnologia.
Celebrando os 42 anos da marca, completados no mês de março, o Boticário Lab é
um marco na caminhada e foi implantado em Curitiba para valorizar as origens do
negócio. Para o vice-presidente de Franquias do Grupo Boticário, André Farber, há
um empenho em ressignificar a experiência do consumidor nas lojas. “O Boticário
Lab é a materialização dessa intenção. A ideia é abastecer esse espaço único com
muito storytelling dos segredinhos dos nossos produtos, oferecendo uma
experiência personalizada da marca para os nossos consumidores”, enfatiza.

Diferenciais

O projeto traz outros diferenciais para a construção do conceito. Um dos destaques
é o ambiente destinado aos momentos importantes vividos pela marca, com
exposição de objetos originais do acervo. Novidade, também, é a sustentabilidade
sendo exercida no espaço. Como o uso de mobiliário modular que exige menos
intervenções com obras civis, o que reduz a produção de resíduos. Também a
madeira usada ter certificação FSC, iluminação em LED e o uso de vidro reciclado na
confecção de itens que decoram o espaço – do recolhimento pós-consumo.
“A busca por uma operação mais sustentável é constante. As lojas são o nosso
principal ponto de contato com o consumidor. Por isso, elas têm um papel
fundamental nesse processo, não apenas para a marca, mas para a mobilização da
sociedade como um todo. Para nós, isso determina o papel do Boticário no mundo”,
completa Farber.

Fonte: Gazeta do Povo

FCDL Notícias
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • Conheça as 11 formas de pagamento mais usadas atualmente

    Continue lendo Clique e leia
  • Varejo atual precisa estar “próximo, disponível e pronto para o cliente”

    Continue lendo Clique e leia
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais