FCDL Notícias

Oito competências de um time de trade marketing vencedor

Neste artigo resolvi falar um pouco sobre as pessoas e as competências mais relevantes para os profissionais de Trade Marketing. Normalmente, sou questionada por alunos e clientes sobre os diferenciais necessários para se tornar bem-sucedido em nossa área.

Ao longo de mais de vinte e cinco anos de carreira em grandes empresas, busquei identificar tais competências e cheguei a oito delas: resiliência em enfrentar dificuldades, liderança, comunicação, planejamento, aptidão em lidar com a complexidade, capacidade analítica, foco em resultado e facilidade de trabalhar em grupo.

Ao olhar essas competências, muitos podem dizer que elas serviriam para pessoas de várias áreas de uma empresa. Contudo, a combinação dessas oito capacidades, aliadas a um perfil mais agregador, torna o profissional de Trade Marketing muito preparado para gerenciar a complexidade das atividades e as múltiplas interfaces que a área possui.

Quero ressaltar que a capacidade analítica é um fator-chave de diferenciação, uma vez que se deve analisar um número de informações provenientes de diversas fontes, internas e externas à empresa, acompanhar indicadores, criar dashboards, calcular o ROI e tomar decisões baseadas em fatos, buscando as melhores oportunidades de crescimento.

Gostaria de dividir com todos uma experiência gratificante que vivi trabalhando em um dos melhores times de Trade Marketing do mercado brasileiro no final da década de 1990. Foi na Unilever, na divisão de higiene pessoal, que eu tive o privilégio de interagir com profissionais que reuniam as competências que detalhei acima.

Além disso, todos traziam experiência de áreas distintas, como marketing, vendas, merchandising, finanças, recursos humanos, tecnologia da informação, compras e logística. A diversidade do conhecimento nos ajudou a compor uma equipe talentosa que produziu excelentes resultados e se tornou referência em Trade Marketing da companhia na América Latina. Ao formar uma equipe de Trade, devemos escolher as pessoas capacitadas para construir e desenvolver os processos, as atividades principais e fortalecer o papel da área na empresa.

* Tania Zahar Miné é especialista em Trade Marketing, diretora da consultoria Trade Design e professora da ESPM.

Fonte: Portal No Varejo

FCDL Notícias
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
  • Caminhos para fomentar um ambiente colaborativo nas empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • A importância de ESG para o pequeno empreendedor

    Continue lendo Clique e leia
  • Hábitos de consumo das brasileiras antecipam tendências no setor de beleza

    Continue lendo Clique e leia
  • O franchising como resposta para o crescimento das empresas

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais