FCDL Notícias

Pesquisa: tecnologia impacta diretamente a satisfação dos colaboradores

Trabalhar em um ambiente confortável e descontraído é sempre mais agradável. Além disso, oferecer bons equipamentos para o desempenho das funções do cotidiano impacta diretamente na satisfação dos colaboradores. O estudo The New Digital Divide, feito pela Unisys, avaliou a importância do uso atual e futuro de recursos digitais no ambiente de trabalho no Brasil e em outros 11 países.

A pesquisa mostrou que, para manter os profissionais produtivos e motivados, é necessário garantir acesso a tecnologias atualizadas. O levantamento revela que mais da metade dos funcionários que trabalham em empresas tecnologicamente desatualizadas estão frustrados. “Os funcionários querem realizar suas tarefas de qualquer lugar e de maneira simples, sem ter de enfrentar obstáculos. Ter equipamentos com aplicações adequadas e ferramentas de produtividade e colaboração corretas é extremamente importante para garantir o acesso e o relacionamento entre as pessoas”, afirma Fabio Abatepaulo, diretor de transformação digital da Unisys para a América Latina.

Principais resultados

O estudo mostrou que 52% dos profissionais que trabalham em organizações tecnologicamente defasadas (slow tech) estão insatisfeitos com seus empregadores. Ao mesmo tempo, apenas 3% dos funcionários de empresas high tech demonstraram frustração. Por causa da insatisfação, 13% dos colaboradores disseram que estão dispostos a deixarem seus postos para trabalhar em empresas líderes em tecnologia.

Cerca de 43% dos funcionários de organizações slow tech dizem que são impedidos de serem mais produtivos por causa de dispositivos obsoletos. Apenas 16% dos que trabalham em ambientes tecnológicos reclamam dos equipamentos da empresa. A pesquisa também mostrou que 63% dos colaboradores fazem downloads de softwares sem o suporte de profissionais de TI.

Futuro

Os entrevistados listaram as tecnologias que possuem maior potencial para transformar o ambiente de trabalho. A maioria, quase metade (47%), disse que inteligência artificial (IA) pode revolucionar o mundo corporativo em cinco anos. No entanto, apenas 22% afirmaram que compreendem bem a tecnologia.

Entre as organizações classificadas como high tech, 58% dos funcionários acreditam que a tecnologia e a automação podem tornar seus trabalhos obsoletos em cinco anos. Abatepaulo diz que a tecnologia vem para somar, isso se as empresas fornecerem treinamentos para os profissionais. “Acreditamos que a IA vai melhorar o modo como os profissionais trabalham, não substituí-los”, afirma.

Fonte: Portal No Varejo

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais