FCDL Notícias

Principais pontos de atenção ao comprar uma franquia

Se você se interessou por esse material, certamente está quase decidido a investir em uma franquia, mas ainda não se sente seguro o suficiente para colocar seu dinheiro no negócio escolhido. Sendo assim, para te ajudar, separei quatro pontos que você deve analisar antes de colocar sua assinatura no contrato.

Analise a empresa franqueadora – depois de escolher pelo segmento que você tem mais afinidade e a marca que deseja comprar, procure saber a origem da franqueadora. Por detrás de lindas fachadas de lojas ou prestações de serviços facilitados, pode haver empresas com pouca ou nenhuma experiência que não façam jus a você pagar para entrar na rede!

Além de pesquisar na internet, procure saber a cidade em que ela nasceu, quanto tempo o proprietário tem de experiência, se é um negócio testado ou apenas uma ideia, se tem processos no Reclame Aqui, etc. Dessa forma, você poderá descobrir se a empresa é idônea e se tem estrutura para gerir uma rede de franqueados. Mesmo que seja difícil recolher estas informações, a hora de checar é essa.

Preste atenção na COF (Circular de Oferta de Franquia) – por mais que o documento seja extenso, é fundamental que você o leia com toda atenção! Na COF constam todas as suas obrigações e seus deveres, assim como as informações jurídicas, cadastrais e contábeis da empresa franqueadora. Durante esse processo, você poderá entender o suporte que lhe será dado, qual o seu território de atuação e mais uma riqueza de detalhes sobre a operação e o modelo de negócio propriamente dito. Se você não fizer a leitura com atenção, ninguém fará por você!

Faça uma autoanálise – agora, não só porque você identificou uma excelente, estruturada e sólida franqueadora, com um negócio tendência e ótima rentabilidade, significa que terá sucesso. Você tem que sentir e se imaginar o dia todo operando o negócio. Ele tem a sua cara? Sua família curte? Seu capital de investimento é suficiente para passar os meses iniciais? Trata-se de uma autoanálise difícil de fazer, mas, ao mesmo tempo, essencial para que você entenda realmente se a franquia que pretende investir combina com você.

Avalie o negócio – outro ponto bastante importante é realmente comprovar se o negócio faz sentido, se ele “se paga”. Pois, dependendo do caso, se a melhor franqueadora do mundo lhe apresentar um excelente negócio e não for bem assim, você acabará, por mais que se dedique, trocando seis por meia dúzia.

Para fazer essa avaliação é preciso analisar bem o Demonstrativo de Resultados (DRE) da rede. Assim você poderá entender quais os pontos fortes e críticos do negócio, qual produto/serviço tem maior margem, quanto você deve vender por mês para que valha a pena investir seu tempo e dedicação, entre outras coisas.

De nada adianta ser franqueado de uma rede de sucesso e ficar sempre apenas pagando as despesas fixas do negócio, sem sobrar nada para você. Não tem jeito, você precisa analisar e estudar cuidadosamente a planilha financeira, a simulação da rentabilidade no local escolhido para abrir sua franquia. Franqueadoras idôneas terão habilidade e transparência para te explicar e comprovar em detalhes que você pode ter sucesso e ganhar dinheiro comprando uma franquia da rede em questão. Boa sorte e muito foco.

* Maria Luiza Brufatto é diretora de expansão da FranquiAZ, consultoria especializada no segmento de franquias.

Fonte: Portal Newtrade

FCDL Notícias
  • Como a digitalização dos meios de pagamento pode impactar no negócio

    Continue lendo Clique e leia
  • Omnichannel: transformando a gestão de estoque

    Continue lendo Clique e leia
  • Caminhos para uma boa reputação: como atender às expectativas do consumidor?

    Continue lendo Clique e leia
  • As oportunidades e desafios do social commerce no Brasil

    Continue lendo Clique e leia
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais