FCDL Notícias

PWH 19: Flávio Augusto ensina como aplicar o Know How em seu negócio

Durante o Power House 2019, maior evento de empreendedorismo da América Latina, Flávio Augusto apresentou um compilado de aulas com o objetivo de ensinar lições valiosas sobre planejamento, negócios e visão empreendedora.

A primeira lição que fica é a importância do Know How para um empreendedor de sucesso e a diferença desse termo com a casualidade. O empreendedor que tem Know how é aquele que sabe replicar as estratégias de negócio. Ou seja, que é capaz por meio de técnicas e estratégias aplicar seu conhecimento para replicar o seu próprio modelo de negócio.

Know How: é o conhecimento prático e processual que faz com que a pessoa saiba aplicar e executar de forma que consiga realizar o processo diversas vezes

Casualidade nos negócios: é quando, por algum fator ou motivo, que pode ser tanto interno ou externo, a pessoa consegue executar e obter êxito, mas não sabe replicar. Ou seja, se precisar realizar o procedimento novamente não terá certeza se irá ou não conseguir.

Know How em Vendas

O Know How em vendas pode ser dividido nestas etapas:

Vender: aprender a vender, saber apresentar o produto, analisar as dores do cliente e, de fato, fechar negócio.

Recrutar e selecionar vendedores: aqui além de vender, você precisa saber identificar as características ideais para recrutar e selecionar vendedores que se identifiquem com a sua cultura de negócio e práticas de vendas.

Gerir equipe de vendas: ser líder não é uma tarefa fácil, e neste caso é preciso saber estabelecer metas, estimular e motivar a equipe, identificar os entraves e problemas que possam atrapalhar o rendimento do time comercial.

Formar executivos de vendas: esta é a sua missão de replicar todas as etapas anteriores e formar um executivo que saiba fazer tudo o que você fez (vender, recrutamento e gestão de equipe).

Know How de Flávio Augusto

Durante a aula, o empreendedor revelou diversas práticas que utilizou para estabelecer a Wise Up no mercado e revelou como montou a estratégia de negócio. Ele definiu como “ciclo de empreendedorismo” a fase em que se cria uma marca, empresa e posicionamento. No caso da Wise Up, o foco foi planejar o modelo de negócio para atender o público adulto no ensino da língua inglesa. Com um programa didático preparado e voltado para essas pessoas.

Como Flávio afirma, ele não criou nada de novo, mas soube inovar no posicionamento, abrindo margem e espaço para uma empresa competitiva diante das outras que atuavam na década de 90.

Ciclo Estratégico de Formatação

Depois de estabelecido o negócio, foi a vez de formatar um método de replicação e escalabilidade da empresa. Assim, a empresa começou a expandir por meio de franquias. Para isso, foi preciso seguir os seguintes passos:

O que a Wise Up é? No momento de expandir a marca, Flávio percebeu que o negócio ia além de seu posicionamento focado no público adulto. A Wise Up era uma empresa de capital intelectual, ou seja, o que ela vendia era conhecimento.

Franchising: por meio do Franchising ele precisava aprender como replicar esse capital intelectual, o conhecimento, que a empresa vendia e era o core business da organização. Era necessário entender como replicar isso

P&D – Inovação: foi nesse momento que a empresa começou a avançar com a área de P&D da empresa, responsável pelo desenvolvimento do material didático do negócio. Por meio dos exercícios e livros produzidos, como vídeos, era possível criar algo consistente, de qualidade e que poderia ser replicado pelos professores.

Escala: neste momento, entrou-se de fato na estratégia de expansão com o modelo de franquia.

Investimento da marca: quando falamos de Franquia, o investimento em marca se torna muito maior e é responsabilidade da franqueadora. Os franqueados contam com a representatividade e divulgação da marca.

Estrutura Matriarcal e indicadores de desempenho: e, por fim, é estabelecida uma relação matriarcal em que as franquias respondem e prestam contas para a franqueadora, no caso a Wise Up, como é definido indicadores de desempenho próprios para esse modelo de negócio.

 

Fonte: Meu Sucesso

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais