FCDL Notícias

Seis tendências que devem ganhar destaque no marketing digital em 2019

Ancoradas nos desdobramentos de novas tecnologias, as práticas de marketing
passarão por mudanças no ano de 2019. Conhecer melhor seu consumidor, atendê-
lo com eficiência e criar experiências marcantes devem vir acompanhados de novos
modelos de trabalho para se enfrentar os desafios da área.

“Cada vez mais, as fórmulas prontas perdem valor. Cada estratégia de marketing
deve ser única, assim como as empresas e seus contextos são únicos.” explica Diogo
Carvalho, Gerente de Marketing da AM4, empresa líder em Inteligência Digital com
foco em resultados.

O executivo mapeou seis tendências que devem predominar no marketing em 2019.
Personalização levada ao extremo e integração de bancos de dados estão entre as
ferramentas que devem ganhar ainda mais destaque no setor. Confira:

1 – Comunicação com propósito e ética

As gerações Z e Millenial passam a ter ainda mais força no mercado, o que vai
fortalecer uma tendência de outros anos na forma de se comunicar entre empresas
e consumidores. Para se falar com essas gerações, que têm um grande senso de
responsabilidade social, é necessário que a empresa seja autêntica com seus valores
e com o que ela representa. Pequenos deslizes com clientes e colaboradores podem
custar caro para a marca e suas vendas. Além disso, o uso ético de informações
privadas dos usuários vai ficar ainda mais em foco em 2019.

2 – O conhecimento por trás dos dados

Após anos coletando dados sem um objetivo claro, as empresas estão mais cientes
de como trabalhar esse número gigantesco de informações que clientes,
colaboradores, fornecedores e objetos geram diariamente. A integração de bancos
de dados diferentes será um diferencial estratégico quando se quer conhecer o
cliente e apresentar informações relevantes para balizar as decisões dos executivos
e conselhos.

3 – Hiperpersonalização

Cada vez mais as empresas devem entregar para aquele usuário específico o que é
de interesse dele. Essa tendência, já muito forte na web, deve ir também para as
TVs e rádios digitais. Carvalho explica que alguns canais de televisão aberta já estão
testando ou utilizando a mídia programática no Brasil. “Da mesma forma que
acontece nos sites, estações de rádio e canais de televisão vão conseguir segmentar
o público de um programa demograficamente”, diz.

4 – A valorização do conteúdo

A luta entre as empresas por conteúdos e as primeiras posições na busca orgânica
do Google ou um espaço na caixa de e-mail, entre outros formatos, tornou essa uma
estratégia custosa. No entanto, o conteúdo relevante continuará ganhando
destaque. Diogo explica que será necessário reinventar-se sempre. “As pessoas
preferem informações que sejam úteis no seu dia a dia. É um desafio, o conteúdo
tem cada vez mais valor, porém a competição por ele tem sido maior”.

5 – Material em áudio e vídeo

A grande onda de Youtubers é uma pequena mostra de que o vídeo se tornou um
dos principais formatos de consumo. “De 2018 para 2019, aumentou o número de
pessoas acessando a internet pelas Smart TVs e videogames. O vídeo vai ser a
melhor forma de se chegar a esse usuário. Além disso, os podcasts tendem a ganhar
ainda mais espaço no Brasil. O áudio é de fácil acesso para todos, então, você
consegue produzir algo de boa qualidade sem tanto gasto” analisa Diogo.

6 – O trabalho de Marketing

Em tempos de mudanças constantes, o que funcionava muito bem até ontem,
amanhã pode não funcionar mais. “As inúmeras tecnologias disruptivas que surgem
criam um desafio enorme para as organizações. Elas precisam atualizar seus
modelos de trabalho para responder com rapidez às novas possibilidades e
problemas que surgem. As equipes precisam ser multidisciplinares e preparadas
para entregar soluções inovadoras com agilidade”.

Fonte: Consumidor Moderno

FCDL Notícias
  • Como a digitalização dos meios de pagamento pode impactar no negócio

    Continue lendo Clique e leia
  • Omnichannel: transformando a gestão de estoque

    Continue lendo Clique e leia
  • Caminhos para uma boa reputação: como atender às expectativas do consumidor?

    Continue lendo Clique e leia
  • As oportunidades e desafios do social commerce no Brasil

    Continue lendo Clique e leia
  • 34% das redes regionais não investiram em tecnologia

    Continue lendo Clique e leia
  • O compliance digital no contexto das pequenas e médias empresas

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais