FCDL Notícias

Sua loja vende em cartão? Evite problemas com a Receita Federal

No atual cenário de pagamentos, a loja que não aceitar pagamento de cartões perderá vendas. Neste artigo, apresentaremos qual é a relação entre a venda em cartão e o Fisco, afim de que você evite problemas com a Receita Federal. Dessa forma, precisamos nos atentar a uma importante etapa desse processo, o controle e o repasse das informações das transações da sua loja para a Receita Federal.

Como funciona o repasse de informações para a Receita Federal?

A receita monitora todas as vendas, por meio de uma obrigação destinada às operadoras de cartões (Rede, Cielo, Stone, etc). Basicamente essas operadoras são responsáveis em passar todas as informações das movimentações de cartões de crédito e débito por estabelecimento. Essa declaração é enviada com todas as transações realizadas, que ficará arquivada na Receita.

Do lado do varejista, o contador envia periodicamente informações à Receita (Sintegra, SPED, etc), dentre essas informações está o faturamento mensal da loja, discriminado por forma de recebimento. Essas declarações que serão entregues, contém todos os recebimentos da loja, incluindo os recebimentos de cartões.

Cruzamento de Informações

Com base nessas duas fontes de informações, a Receita fará o cruzamento entre os dados apresentados, verificando se o faturamento que a loja informou é equivalente aos números informados pela operadora de cartões. Se as informações não baterem, automaticamente a Receita Federal coloca a loja em uma situação irregular, estabelecendo um prazo para a regularização dos impostos.

Problemas comuns na relação entre contribuinte e Receita Federal

Infelizmente, alguns comerciantes ainda efetuam a venda em cartões e não declaram essa venda, para fugir dos impostos, não gerando cupons fiscais das mesmas.  O risco desse procedimento é alto, pois a Receita pode solicitar as declarações de recebimentos de, até, 5 anos.

É importante que todas as vendas em cartão sejam declaradas e, dessas vendas, cupons fiscais devem ser gerados. Assim, as chances de problemas com vendas de cartões serão reduzidas.

Como acabar com esse problema:

Automação do PDV

A automação do processo de venda minimiza drasticamente os erros de lançamentos e de pagamentos, pois as informações são geradas automaticamente pelos softwares e equipamentos do PDV.

No momento de decidir automatizar o PDV da loja, é fundamental optar por um software fiscal, pois o controle e a segurança fiscal serão os principais aliados do varejista. Quer saber mais sobre a importância de escolher uma solução fiscal? Leia esse artigo.

É fundamental fazer o lançamento da venda de forma correta

Um erro bastante comum ao realizar a venda em cartão é declarar essa venda como realizada em dinheiro. Esse erro ocorre, exclusivamente, em estabelecimentos que não possuem um TEF, pois essa venda é realizada no POS e posteriormente é necessário o lançamento dessa transação no sistema como venda no cartão. Um processo fundamental para eliminar esses problemas é o processo de fechamento de caixa.

Controle por meio do conciliador de cartão

Adotar um software que concilie suas vendas de cartões, fará com que você tenha controle sobre essa forma de pagamento. No sistema você terá acesso aos dados referentes às transações concretizadas na sua loja, possibilitando um controle que vai ajudar na hora de fazer suas declarações.

Na prática, o que pode acontecer é o vendedor realizar a venda via POS (cartão), mas, por uma questão de costume ou falta de atenção, lançar no PDV como venda em dinheiro. Como explicamos, o Fisco não receberá as vendas realizadas em cartão da loja e encontrará uma divergência, autuando a loja.

Agora você já sabe! Vender no cartão exige controle e ferramentas. Utilize as tecnologias disponíveis para melhorar seu dia a dia: automação comercial, TEF e conciliador de cartões!

 

Fonte: Info Varejo

FCDL Notícias
  • O que vale mais: experiência extraordinária ou experiência sem fricção?

    Continue lendo Clique e leia
  • Um olhar sobre o varejo atual: tudo o que sua empresa precisar saber

    Continue lendo Clique e leia
  • Caminhos para fomentar um ambiente colaborativo nas empresas

    Continue lendo Clique e leia
  • A importância de ESG para o pequeno empreendedor

    Continue lendo Clique e leia
  • Hábitos de consumo das brasileiras antecipam tendências no setor de beleza

    Continue lendo Clique e leia
  • O franchising como resposta para o crescimento das empresas

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais