FCDL Notícias

Trabalho voluntário: conheça iniciativas que mudam o Brasil

Fonte: Portal Administradores

As vantagens do trabalho voluntário se refletem não apenas no impacto dentro das comunidades e junto às pessoas beneficiadas, mas também na formação pessoal e profissional do voluntário. No dia 5 de dezembro é comemorado, desde 1985, o Dia Internacional do Voluntário, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com a ONU, “o voluntário é o jovem ou o adulto que, devido a seu interesse pessoal e ao seu espírito cívico, dedica parte do seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem estar social, ou outros campos”. Além de proporcionar bem-estar, o trabalho voluntário desenvolve a capacidade de empatia e a inteligência emocional – habilidade muito cobiçada nas organizações.

Apesar do aumento do interesse dos brasileiros pelo voluntariado nos últimos anos, a adesão ainda é baixa. Uma pesquisa da Fundação Itaú Cultural divulgada em 2014 aponta que 11% da população brasileira é composta por voluntários atuantes. A estimativa pode parecer alta, mas nos EUA esse percentual chega a 62%. Além disso, pessoas que já trabalharam como voluntários tendem a se tornar doadoras no futuro. Já entre as justificativas apresentadas para não ser um voluntário estão a falta de tempo (40%) e a ausência de convites (30%).

O Instituto 3M completou neste ano uma década de sua fundação. Criado em 2006, a instituição foi o marco para reunir e consolidar sob um organismo social as ações da 3M no Brasil realizadas em toda organização, sejam elas iniciativas de voluntariado ou apoio a projetos.

Neste período foram milhares de vidas influenciadas, não apenas aqueles beneficiados diretamente, mas também os funcionários 3M e seus familiares, além de parceiros que participaram ativamente na viabilização das dezenas de iniciativas e projetos apoiados.

“O voluntário é normalmente uma pessoa que lida melhor com dificuldades. É mais engajado, trabalha melhor em equipe e tem uma melhora na performance social. Ser voluntário nos faz “vestir” o calçado do outro, vivendo outras realidades e desafios e isto nos enriquece muito, pois desenvolve habilidades de relacionamento interpessoal, de planejamento e execução, a busca por soluções criativas diante de orçamentos reduzidos, a disposição para o enfrentamento de adversidades com mais maturidade e consciência, o engajamento em uma causa, o exercício pleno da cidadania, entre outros”, destaca Mara Fioravante, presidente do Instituto 3M e à frente do organismo social da 3M desde 2012.

“Tudo isto adiciona experiência e maturidade a nossa vida e, consequentemente, ao nosso trabalho contribuindo para o nosso crescimento pessoal e até profissional, pois muitas das habilidades desenvolvidas podem ser aplicadas no nosso dia a dia de trabalho na empresa, contribuindo para um ambiente mais produtivo e inovador”, finaliza.

Conheça abaixo cinco projetos com atuação em frentes como empreendedorismo social, saúde e bem-estar, e educação que se destacam pela atuação de seus voluntários.

Fa.Vela

Baseado em Minas Gerais, o Fundo de Aceleração Vela – Fa.Vela – é uma organização sem fins lucrativos que atua no desenvolvimento de talentos e projetos em comunidades de baixa renda, com o propósito de equiparar as oportunidades e reduzir a desigualdade social.

Unicorre

A Universidade da Correria – Unicorre – é uma iniciativa da Agência de Comunicação Dharma e consiste em um conjunto de módulos de aprendizado com foco em modelagem, prototipagem e implementação de negócios, especialmente em territórios populares. O foco são os pequenos empreendedores que vivem em comunidades carentes do Rio de Janeiro e precisam desenvolver habilidades competitivas de negócios de forma rápida. Não há cobrança de mensalidades.

Instituto 3M

O Instituto 3M desenvolve projetos próprios, iniciativas de voluntariado e apoio a projetos de parceiros. Por meio dessas ações, o instituto tem impacta cerca de 8 mil pessoas ao ano. Hoje, conta com aproximadamente 450 voluntários, entre funcionários, ex-colaboradores e estagiários, que participam das atividades do Instituto.
“No Instituto 3M, desenvolvemos diversas ações e programas que visam, acima de tudo, melhorar a qualidade de vida das comunidades envolvidas e promover o protagonismo das pessoas impactadas, principalmente os jovens”, conta Mara Fioravante, presidente voluntária do Instituto 3M.

Doutores da Alegria

Talvez um dos projetos de trabalho voluntário mais conhecidos do Brasil, os Doutores da Alegria trabalham com o propósito de melhorar as condições de vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos e ambientes adversos. A iniciativa teve início em 1991 e já realizou mais de um milhão de visitas a crianças, acompanhantes e profissionais de saúde, além de inspirar projetos semelhantes em todo o país. Todo o trabalho é mantido por doações.

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais