FCDL Notícias

Varejo online: idosos preferem comprar pelo app

Idosos compram pelo aplicativo, usam smartphone e não toleram um
atendimento ruim

A população brasileira está envelhecendo. Dados do IBGE estimam que
nos próximos 20 anos mais de 88 milhões de brasileiros terão, no mínimo,
60 anos. No entanto, como essa mudança demográfica impactará o varejo
online?

Foi pensando em responder a essa pergunta que a Sociedade Brasileira do
Varejo e Consumo (SBVC) realizou uma pesquisa com consumidores dessa
faixa etária.
De acordo com o estudo, 54% dos idosos entrevistados têm como
principal fonte de renda a aposentadoria. 13% mantêm um emprego
informal, enquanto 12% ainda trabalham com carteira assinada. Dos
participantes, 41% eram da classe C. O número de pessoas da classe B era
similar: 42%. Apenas 4% se declaram da classe A.

Como os idosos lidam com o varejo online e físico?

Os pesquisadores do SBVC perguntaram aos idosos quais aspectos do
varejo físico mais os incomodava. O preço dos produtos foi mencionado
por 63% dos idosos. A falta de empacotadores, ou funcionários para os
auxiliarem, desagrada 54% dos entrevistados. Por fim, 26% disseram que
não gostam da impaciência dos vendedores.

Apesar de essas perguntas terem sido realizadas usando os hipermercados
como exemplo, é possível contextualizar as respostas para a realidade do
varejo moveleiro. Afinal, 74% dos idosos ouvidos disseram que deixam de
frequentar um comércio se o atendimento for ruim.

Quando questionados sobre as compras online, 76% dos idosos disseram
que compraram pelo site ou pelo aplicativo da loja. 66%afirmam que
compraram na loja e pediram para o produto ser entregue em casa. 47%
disseram que compraram pelo telefone.
Assim, o estudo também mostra um crescimento no uso do Smartphone
por essa faixa etária: 64% afirmaram que usaram esse tipo de
equipamento para comprar — há dois anos, esse índice era de apenas
24%.

Os aplicativos também estão no gosto dos consumidores com idade
superior a 60 anos: 35% compraram pelo app da marca. Em 2017, essa
modalidade de compra foi lembrada por 12% dos entrevistados. Ao que
tudo indica, os idosos estão deixando de visitar os sites das marcas, pois
em 2017, 27% deles disseram que compraram no site. No ano passado,
21% disseram ter feito isso. Em 2019, apenas 17% compraram nessa
modalidade de varejo online.

Fonte: Portal E-Mobile

FCDL Notícias
  • Conheça 10 atitudes que destacam os melhores vendedores lojistas!

    Continue lendo Clique e leia
  • O que é comportamento empreendedor, segundo três especialistas

    Continue lendo Clique e leia
  • Sete dicas para melhorar a experiência do cliente nos atendimentos com chatbots

    Continue lendo Clique e leia
  • Como usar as redes sociais para vender mais

    Continue lendo Clique e leia
  • Os cinco pilares de um atendimento excepcional ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Confiança como ponto chave para o e-commerce

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais