Semana Lojista

CDL Florianópolis promove Inova+Ação

Evento reuniu mais de 1 mil empresários

Para falar de empreendedorismo e inovação do varejo, a CDL Florianópolis promoveu a terceira edição do Inova+Ação no dia 1º de agosto, no Centrosul. O evento reuniu mais de 1 mil empresários e contou com a parceria do Sebrae/SC, Acif, ABComm/SC, Abrasel, Acate e Asbea/SC.

Durante a tarde, a programação repleta de conteúdo lotou os três espaços disponibilizados das 13h30 às 18h. A sala da CDL Jovem era uma das mais disputadas e a organização precisou alterar a última palestra para o palco principal para atender o público.

Uma das palestras mais comentadas da sala “Super+Ação” foi com o professor Steven Dubner, que apresentou o tema “Atitude ou Nada – apontando a capacidade de enxergar “além dos olhos” e o talento para criar e reinventar”.

Já no espaço da Acate “Tecnologia para o Varejo”, os palestrantes focaram nas tendências e oportunidades para o futuro do varejo. A sala da ABComm trouxe especialistas que deram dicas para identificar as reais necessidades dos clientes.

Uma das novidades deste ano foi a criação da sala “Práticas Inovadoras em Entidades”. Neste ambiente, os presidentes das entidades parceiras contaram para um seleto grupo de empresários as ideias e as experiências que deram certo e como alcançaram o sucesso.

Palco Principal

A Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (Asbea/SC) apresentou para o público um roteiro de inovação com o tema “O varejo físico não morreu”.

Para falar de Futurismo, o especialista Demetrio Teodorov subiu ao palco e comentou que inovação se dá em olhar as oportunidades e aplicar sem medo de errar. Para ele, os pilares “pessoas, negócios, tecnologia e tendência” são os que norteiam à inovação pura.

Para fechar o palco principal deste ano, o presidente da Stone, Augusto Lins, deu uma aula de empreendedorismo e falou da sinergia que levou a marca para o clube de unicórnio. A empresa conseguiu levantar US$ 1,5 bilhão, o valor mais alto obtido por uma empresa brasileira desde 2013, e alcançou um valor de mercado de cerca de cerca de US$ 10 bilhões.

De acordo com Lins, “conversar de forma individualizada e personalizada é muito importante na hora do atendimento, porque só assim é possível entender e resolver o problema. Esse é o nosso diferencial, dedicar tempo ao nosso cliente – que é o nosso maior bem”.

MAIS DA Edição – 905
  • CDL Blumenau organiza Fórum Análise de Crédito

    Continue lendo Clique e leia
  • CDL Irani e Paróquia oferecem curso de confeitaria

    Continue lendo Clique e leia
  • Atividades do CDL na Escola iniciam em Tubarão

    Continue lendo Clique e leia
  • CDL Itajaí distribui mais de mil pratos na Festa do Peixe

    Continue lendo Clique e leia
  • Happy hour empreendedor na CDL Cunha Porã

    Continue lendo Clique e leia
  • Kits do CDL na Escola chegam em Irani

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais