Semana Lojista

CDLs Jovem realizam Dia da Liberdade de Impostos em SC

Lojas aderem ao DLI e promovem ações pelo estado

As CDLs Jovem catarinenses conseguiram mostrar ao público o peso da carga tributária brasileira sobre os produtos em mais um Dia de Liberdade de Impostos (DLI). O dia escolhido foi quinta-feira, 24 de maio, data em que o brasileiro, após quase cinco meses consecutivos, deixa de trabalhar apenas para pagar impostos municipais, estaduais e federal.

Durante o DLI, as CDLs contaram com parceiros que comercializaram produtos com desconto no valor correspondente aos tributos embutidos na mercadoria. Os empresários calcularam o valor dos impostos, aplicaram o desconto no preço final e arcaram com o recolhimento do imposto, sem repassá-lo ao consumidor final.

“Me surpreendi com o que vi. Constatei jovens responsáveis, engajados no Movimento Lojista, fazendo um trabalho exemplar. O envolvimento é contagiante. Tenho muito orgulho do trabalho que estão fazendo”, destaca o vice-presidente de Aperfeiçoamento Empresarial e CDL Jovem da FCDL/SC, Walmor Jung Junior, em seu primeiro ano frente à pasta.

Em 2018, o mote da campanha nacional realizada em outros 16 Estados foi “Impostossauro – o Pesadelo do Brasil”. A ação apresentou como ‘mascote’ um dinossauro como alusão ao arcaico e brutal sistema tributário brasileiro. “Os tributos impactam todos os brasileiros, não só os empresários. O varejo, pela proximidade com o público, consegue mobilizar e transmitir estas informações de conscientização. Nosso papel enquanto varejistas é também educar”, afirma Walmor.

Confira, abaixo, as ações por município:

CDL JOVEM DE JOINVILLE:
150 carros foram abastecidos no posto de combustíveis da Rede Dias com gasolina a R$ 2,31 o litro. O valor normal do combustível é de R$ 4,19 o litro, e a redução totalizou 48%. Também foi realizado um concurso que elegeu a melhor frase com as palavras “imposto” e “corrupção” para a compra de uma BMW 320i Sport ActiveFlex, 18/18, zero km, livre de impostos. O veículo, com tributos, custa R$ 169.950,00 e, sem eles, R$ 118.619,00, um total de R$ 51 mil de desconto (redução de 29% de tributos diretos). O automóvel ficou exposto no Garten Shopping e foi comercializado pela Euro Import. No referido shopping, 70 lojas aderiram ao Dia da Liberdade de Impostos e venderam uma série de produtos sem a cobrança de tributos. Já a Pizza na Pedra vendeu 200 pizzas sem impostos. Uma pizza grande (de 35 cm/nove fatias) teve desconto de R$ 25 com a não cobrança de tributos. De R$ 58, será vendida por R$ 33. “O primeiro passo para iniciar uma mudança é a conscientização de quem sofre com isso: a população. Pode demorar bastante, mas a nossa parte nós vamos fazer, até que se promova uma mudança efetiva que impacte nossa sociedade”, diz o coordenador da CDL Jovem Joinville, Artur Caminha.

CDL JOVEM DE FLORIANÓPOLIS:
Na capital do Estado, consumidores tiveram 40% de desconto na pizza de 12 fatias na pizzaria Estrela da Ilha, no bairro Campeche. O consumidor em vez de pagar R$ 75,00, pagou somente R$ 45,00 pela pizza. O balanço da noite fechou com atendimento de mais de 500 consumidores, resultando em um movimento quatro vezes maior que uma noite normal. “Quase 50% do salário do contribuinte é destinado para impostos. E o problema se agrava, porque, com os outros 50%, é preciso comprar tudo aquilo que o governo não nos fornece com qualidade, que é educação, saúde, rodovias”, declara o vice-coordenador da CDL Jovem de Florianópolis, Lurran de Souza.

CDL JOVEM DE BLUMENAU:
26 lojas de três shoppings e outros seis estabelecimentos aderiram à ação. Para conscientizar as pessoas sobre a alta carga tributária houve panfletagem em shoppings e espaços públicos. A principal ação ocorreu na Praça Dr. Blumenau, das 9h às 11h. No local houve a exposição de produtos com o valor dos impostos correspondentes a cada um. Por exemplo, do valor total de um desodorante, 46% são impostos. No total, as ações de conscientização realizadas pelo núcleo impactaram mais de mil pessoas na cidade. “Todos sabemos que no Brasil a carga tributária é alta, mas, em geral, não percebemos o quanto de impostos está embutido em cada produto, por exemplo, na comida que compramos, na roupa, em brinquedos e assim por diante. Nosso objetivo foi mostrar para as pessoas porque o valor do que compramos é tão alto”, fala o vice-coordenador da CDL Jovem Blumenau e um dos organizadores do DLI na cidade, Jefferson Godoy.
Empresas parceiras
Don Corleone Pizzzaria: colocou à disposição 300 pizzas de 35 cm sem imposto (45%), com isso, a pizza custou em média R$ 20,00.
Click Papelaria Mochilas: comercializou mochilas e almofadas de pescoço, sem imposto, que varia de 29,8% a 30,7%.
Charme Presentes: vendeu porta documentos, porta joias, espelhos e copos diversos com desconto de 12% a 14%, de acordo com o valor do imposto.
Farmácia Blumenauense: comercializou 13 tipos diversos produtos. O valor do imposto descontado variou de 20,11% a 60,4%, dependendo do produto.
Ponsoni: empresa de móveis e equipamentos para escritório, que colocou à venda armários, mesas e credenza, totalizando 15 peças, com 15% de desconto, referente ao imposto. Shopping Park Europeu: sete lojas participaram: Menina do Laço; Peppos; Metroville; Anabella; Happy; Darlin e Treme Terra. As empresas fizeram uma média do imposto sobre os produtos e, com isso, cada loja teve um valor fixo de desconto, que variou de 7% a 15%. Peppos fizeram suco em dobro e Metroville chop em dobro.
Shopping Neumarkt: 14 estabelecimentos aderiram: Usaflex, Pandora, Siracusa, Game Mania, Anacapri, Luz da Lua, RiHappy, Slime, Paquetá Esportes, General Lyy, Raphaela Booz, Swarovski, Cabanas e Ótica Winnikes.
Norte Shopping: cinco lojas participam: Grendelli, Livrarias Catarinense, Imaginarium, Sanrio e Tartufo.

CDL JOVEM DE CHAPECÓ
Em Chapecó, os supermercados Celeiro e Brasão, a rede de Farmácias São Rafael e a Maqdima aderiram à campanha. “Nosso objetivo foi alcançado. Oportunizamos aos consumidores um dia de reflexão não só sobre o valor pago em tributos, mas também sobre como é aplicado e retornado à população”, afirmou o diretor-presidente da CDL Chapecó, Luiz Antônio Zanoni. Entre os 15 itens comercializados sem impostos nos supermercados Celeiro, os produtos tiveram descontos que variaram de 13% a 44%. Conforme o gerente do Celeiro Center, Nilson Jornada, o supermercado também demonstra preocupação com a elevada carga tributária. “A economia com uma menor incidência de impostos representaria muito no dia a dia de toda a população”, disse. Nos supermercados Brasão, o consumidor teve acesso a 15 itens sem a cobrança de tributos, e os descontos representaram entre 22% e 35%. O gerente de marketing do Brasão, Elton Ficanha, salientou a importância da conscientização dos consumidores. “Cada produto tem um imposto diferente e isso reflete para o consumidor final e também para os empresários. Nos juntamos à CDL Jovem Chapecó para demonstrar que também estamos inconformados com essa situação”. A rede de Farmácias São Rafael também aderiu à ação em suas 11 lojas espalhadas pela cidade. Ao todo, 30 itens de medicamentos, perfumaria e higiene foram vendidos com descontos que variaram entre 25% e 55%. Na Maqdima foram 14 itens que variaram com descontos entre 20% e 45%. Os produtores incluíram furadeiras, parafusadeiras, aspirador de pó e jogo de soquete. Os clientes fizeram fila para garantir seus produtos. “O movimento foi muito grande. Isso demonstra a preocupação da população com a arrecadação tributária que ocorre no País e nos faz ter consciência de nosso papel diante dessa situação, de cobrar um bom investimento e o retorno para a população que tanto sofre com esses altos tributos”, reforçou o diretor da Maqdima, Luiz Felipe Concatto. A Associação Chapecoense de Futebol (ACF) também aderiu à campanha e comercializou 500 ingressos com descontos de 30% para o jogo contra o Ceará, de quarta-feira, 30 de maio, na Arena Condá.

CDL JOVEM DE CAPINZAL
Mais de 20 empresas de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis participaram do DLI comercializando alguns produtos com redução de tributos. Integraram a ação as empresas AGN Frios; Charme Boutique; Domdona; Eletrônica Scarton; Espaço Acabamentos; Farmácia Farmãe; Farmácia Nacional; Hidraouro Capinzal; Hidraouro Ouro; Labarra Gastrobar; Lojas Rovine; Mamãe Bebê; Dorini Supermercado; Móveis Jaskiu; Ouroluz Capinzal; Ouroluz Ouro; Pizzaria Massa Fina; Posto Novo Horizonte; Restaurante Tainha; Estação Bazar; Santo Estilo; Só Criança; Loja Calegari e Tânia Modas. “O empresário trabalha até dia 24 de maio, em média no Brasil, para pagar os impostos, daqui pra frente ele começa pagar os boletos e só no final do ano, talvez, obtém algum tipo de lucro”, destaca o coordenador da CDL Jovem, Bruno José de Oliveira.

MAIS DA Semana Lojista 841
  • As Lições da Greve

    Continue lendo Clique e leia
  • FCDL/SC assina acordo com CECOP pela luta contra à pirataria

    Continue lendo Clique e leia
  • Greve dos caminhoneiros: contornos no movimento lojista

    Continue lendo Clique e leia
  • Dirigentes das CDLs do 24º Distrito reunidos em Nova Trento

    Continue lendo Clique e leia
  • CDL Capinzal realiza palestra sobre vendas

    Continue lendo Clique e leia
  • Dirigentes da CDL Balneário Barra do Sul visitam FCDL/SC

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais