Notícias

FCDL analisa impactos da greve dos caminhoneiros

Ivan Tauffer em reunião ao lado do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (Foto: Fiesc)

O presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer, defendeu a oferta de linhas de crédito com juros mais baixos para os varejistas durante reunião com lideranças empresariais que tratou das ações necessárias para minimizar os impactos da paralisação dos caminhoneiros em Santa Catarina.

O encontro foi proposto pelo deputado federal Jorginho Mello, coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, e aconteceu na segunda-feira, 4 de junho, na sede da Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina), em Florianópolis, com a participação de representantes de federações empresariais que integram o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM), deputados, senadores, representantes da FECAM (Federação Catarinense de Municípios) e secretários de Estado que atuaram no comitê de crise do governo catarinense.

“Os empresários sofreram, entre outras coisas, com a falta de circulação nas ruas, atrasos em encomendas, alguns tiveram as atividade paralisadas e é o momento do BNDES, BRDE e Badesc auxiliarem especialmente as micro e pequenas empresas com a redução de burocracia para conseguirem reaver os prejuízos causados pela paralisação. É o momento de nos unirmos para recolocarmos o país nos trilhos”, afirma Ivan Tauffer.

No encontro, o 1º vice-presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, apresentou pesquisa feita pela entidade que mostra que a paralisação dos caminhoneiros afetou intensamente 70% das indústrias consultadas. Conforme o levantamento feito com 905 empresas, quase metade delas estima prejuízos de pelo menos 20% do faturamento mensal. “A greve trouxe sérios danos à economia e à sociedade. Em conjunto precisamos encontrar mecanismos para minimizar os impactos”, declarou.

Ao final da reunião ficou definido que o COFEM vai elaborar uma proposta com sugestões e encaminhar ao Fórum. Entre elas devem constar proposições relativas à facilitação de acesso ao crédito e postergação de recolhimento de tributos.

O deputado federal Jorginho Mello disse que a medida do governo federal de reduzir o preço do óleo diesel pode gerar aumento de tributos para cobrir esse custo. “A preocupação é que não se cobre mais de quem produz e trabalha nesse Brasil”, declarou, defendendo que seja colocada em pauta a reforma tributária. “Seria o momento de pautar”, afirmou, observando que o tema foi sugerido ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. “O objetivo aqui é ouvir e ver como os deputados e senadores por Santa Catarina podem ajudar”, disse.

O senador Dário Berger afirmou que o País não tem um planejamento de longo prazo, que pense no desenvolvimento regional. “Ou nos unimos ou a crise só vai piorar”, afirmou. Para o senador Dalirio Beber, as ações para conter os efeitos da greve são de suma importância. “As consequências das paralisações ficaram e não sei por quanto tempo vão permanecer se não construirmos alternativas”, disse o senador Dalirio Beber, defendendo a realização de reformas estruturais, como a tributária, além do pacto federativo.

O senador Paulo Bauer ressaltou que especialmente durante a paralisação houve queda de arrecadação nos estados e no País. “Penso que o Fórum Parlamentar vai ter que agir e não sozinho. O governo federal tem mecanismos para resolver esse problema”, disse. Já o deputado Esperidião Amin destacou que os desafios que o País vive não têm solução fora da política. “Mudem os políticos, mas sem política não há solução”, concluiu.

Além da FCDL/SC, o COFEM é integrado pela FIESC, Fecomércio, Faesc, Fetrancesc, Facisc e Fampesc.

Com informações: Fiesc

Ações para minimizar os impactos da greve dos caminhoneiros são propostas (Foto: Fiesc)

Notícias
  • Vacinação e datas comemorativas aumentam expectativa do comércio para fim de ano

    Continue lendo Clique e leia
  • FCDL/SC cumpre agenda na Alesc nesta quarta-feira, 20

    Continue lendo Clique e leia
  • Outubro Rosa: FCDL/SC conscientiza para o autocuidado

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais
Blog
  • FCDL/SC lança campanha de incentivo à circulação de moedas

    Continue lendo Clique e leia
  • 7 Dicas para atrair clientes na Semana do Brasil

    Continue lendo Clique e leia
  • FCDL/SC lança campanha para a Semana do Brasil 2021

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais