Notícias

FCDL/SC apoia vacinação contra Covid-19

A vacinação contra a Covid-19 em Santa Catarina, iniciou no mês de janeiro. Até o momento, o estado já recebeu 213.140 doses. A agilidade na distribuição das vacinas tem alcançado todas as regiões para que o quanto antes seja aplicada a segunda dose aos profissionais de saúde.

Na quinta-feira, 5 de fevereiro,  a Secretaria de Estado da Saúde (SES)  anunciou o planejamento para as demais etapas de vacinação contra o vírus. O próximo grupo prioritário a ser vacinado será o dos idosos na faixa de 90 anos e mais. A nova  fase de vacinação iniciará assim que em que o estado receber uma nova remessa de doses do Ministério da Saúde (MS).

Na tarde de quinta-feira, 4 de fevereiro, o presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer, participou da reunião do Gabinete de Crise do governo. Reconhecendo a importância da vacinação, a FCDL/SC está à disposição do governo catarinense para auxiliar na logística, armazenamento ou distribuição dos imunizantes. “A vacina é a nossa esperança para que os profissionais da linha de frente e grupo de risco estejam em segurança. Precisamos nos conscientizar e respeitar o tempo de vacinação de cada grupo prioritário. Quando chegar a nossa vez, também estará próximo o momento em que poderemos voltar à normalidade. Para isso, é essencial continuarmos investindo na prevenção junto ao comércio, aos nossos consumidores e comunidade”, destaca.

Notícias
  • Cofem pede rejeição de veto sobre Tribunal Administrativo Tributário

    Continue lendo Clique e leia
  • Federação dialoga com deputado Federal Celso Maldaner

    Continue lendo Clique e leia
  • Diretoria da FCDL recebe dirigentes da CDL São João Batista

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais
Blog
  • Você sabe o que é e como funciona a criptografia?

    Continue lendo Clique e leia
  • Dia Livre de Impostos acontece dia 02 de junho em todo o país

    Continue lendo Clique e leia
  • FCDL/SC: Raul Weiss deixa legado essencial ao empreendedorismo catarinense 

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais