Semana Lojista

Núcleo Jovem da CDL Chapecó: papo sobre empresa familiar

Papo sobre empresa familiar

“As grandes empresas do mundo são familiares”, frisou o diretor da empresa Comercial Celeiro LTDA, Amauri Luiz Battiston, durante o programa “Trajetória Profissional: aprendendo a empreender”. A iniciativa do Núcleo do Jovem Cedelista da CDL Chapecó foi realizada na terça-feira, 28 de junho, para proporcionar um momento de integração entre empresários, jovens empreendedores e sucessores.

A empresa da família completou 45 anos em abril e é administrada atualmente por Amauri e o irmão, Alcemir Battiston. Tem 480 colaboradores. Seus valores são confiança, inovação, humildade, respeito e responsabilidade.
“Temos quatro sucessores, dois filhos meus e dois do meu irmão. Todos trabalham e cumprem as regras como qualquer outro trabalhador da empresa”, salientou.

Para Battiston, o ideal da empresa familiar é quando há colaboradores que pensam e agem como proprietários e quando há proprietários que pensam e agem como colaboradores.
“É a família que leva o negócio para frente e não o negócio que leva a família”, ressaltou.

Battiston destacou que a missão do Celeiro é proporcionar a melhor compra de alimentos com atendimento eficiente. “O cliente quer que os problemas dele sejam resolvidos. Ele chega em uma de nossas lojas em busca de determinado produto e espera sair de lá satisfeito. É isso que nós prezamos, atender às demandas do consumidor”. O empresário reforçou que a única maneira de garantir o sucesso de uma empresa é a permanência do cliente. “Para ter sucesso, além dos quatro ‘Ps’ (pessoas, processos, produto e propaganda) é necessário organização, princípios, políticas, valores, modelo de gestão, tudo dentro de um planejamento estratégico bem elaborado”, fomentou.

De acordo com Battiston, o maior desafio de uma empresa é o “ICM”, ou seja, incorporar, capacitar e manter pessoas talentosas e motivadas para atingir suas metas. “Não existem fórmulas mágicas. A0s melhorias devem ser contínuas. Se você não mede, não conhece. Se não conhece, não controla e se não controla, não melhora”.

Comércio em Transformação

Amauri também trouxe aos jovens uma análise do atual cenário do comércio. Segundo ele, a concorrência de produtos e serviços é mundial. “Qualquer pessoa consegue comprar um produto da China aqui em Chapecó sem sair de casa. Isso também interfere na movimentação do setor no nosso município. O concorrente deixou de ser o meu vizinho. Ele está em qualquer parte do mundo”.

O diretor ressaltou que o comércio e os serviços representam 53% dos empregos e que 70% das empresas se classificam como micro e pequenas. O empresário usou dados da pesquisa do Instituto World Watch, de Washington para destacar que o Brasil é o 7º mercado consumidor do mundo e que somente 33% dos brasileiros estão na sociedade de consumo.

Battiston considerou que o comércio está passando por uma enorme mudança com a informatização. “É necessário estar atualizado, mas, principalmente, é fundamental ouvir o cliente e, antes de tomar qualquer decisão, se perguntar o que o seu público-alvo acharia de determinada ação”. Amauri finalizou destacando que para conquistar as pessoas é preciso conhecer o lado emocional e o racional. “Todas as pessoas têm algo em comum: a diferença, portanto, é necessário conhecer para quem você está trabalhando e o que o cliente espera de você”.

Semana Lojista - Backup
  • Edição – 984

    Continue lendo Clique e leia
  • VP de coordenação distrital em reunião sobre trade turístico

    Continue lendo Clique e leia
  • Recicla CDL na Escola: FCDL/SC formaliza parceria com Sicoob

    Continue lendo Clique e leia
  • Recicla CDL em Pomerode arrecada mais de 1 tonelada

    Continue lendo Clique e leia
  • Recicla CDL em Cunha Porã recebe 1 tonelada de resíduos

    Continue lendo Clique e leia
  • Presidente da CDL Irani se reúne com diretoria de rádio

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais