As CDLS na frente​

24/04/2018|

18:00

CDL Maravilha busca implantação do EJA Profissionalizante

Uma reunião de apresentação e sensibilização do Estudo de Jovens e Adultos (EJA) Profissionalizante foi realizada na CDL Maravilha na quinta-feira, 19 de abril. O objetivo foi apresentar às indústrias o projeto, funcionamento e etapas, para que possa ser formada uma turma no município.

A apresentação contou a presença dos setores de Recursos Humanos de indústrias e foi realizada pela supervisora de Educação do Serviço Social da Indústria (Sesi), Julice Kusse, e acompanhada ainda pela vice-presidente da entidade, Eliana Estefano, diretora de Indústria, Jussara de Bona, pela coordenadora do Sesi Pinhalzinho, Cleusa Bolis, e pelo agente de relacionamento com o mercado da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Odimar Ferraz Missel.

“As indústrias contribuem mensalmente para o sistema S, e a formação desta turma vem como uma contrapartida para estas empresas, além de proporcionar o desenvolvimento dos colaboradores e profissionalizá-los ainda mais”, pontua a vice-presidente da entidade.

Julice apresentou diversos números sobre a educação na região, com destaque para o fato de ter 4.500 colaboradores na indústria em Maravilha, e destes 39% ainda não terem concluído o ensino fundamental e, 61%, o ensino médio. Desta forma, o projeto do EJA é direcionado para formação de uma turma de Ensino Médio, com 40 alunos.

As aulas serão realizadas nas salas do Senai de Maravilha, sendo que o Sesi contribuirá com a estrutura profissional e de materiais. De acordo com a metodologia, no primeiro mês, as aulas serão de segunda a quinta-feira e, nos demais meses, uma vez por semana, sendo que o curso é 80% à distância e 20% presencial. “No período à distância o aluno fará uso de um aplicativo para desenvolver atividades extraclasse”, pontua.

A grade de ensino desta turma é diferenciada, sendo elas: linguagem, matemática e suas tecnologias, ciências humanas e qualificação. Conforme debatido pelo grupo, Maravilha apontou a necessidade de incluir na qualificação dois cursos técnicos: um para assistente de controle de qualidade e outro para controlador e programador de produção, sendo que o Sesi escolherá qual será aplicado.

O próximo passo para implantação da turma é a mobilização, um levantamento interno nas empresas até o dia 11 de maio. Após, os interessados terão até o dia 21 de maio para fazer a inscrição e a aula inaugural está marcada para o dia 6 de junho. Para fazer a inscrição o aluno deve apresentar uma foto 3×4, histórico escolar do Ensino Fundamental, documentos pessoais e carteira de trabalho.

Compartilhe

Newsletter

Receba no seu email o conteúdo do Blog da FCDL/SC

Últimas postagens

14/06/2024

CDL Itapoá realiza sessão de negócios em parceria com Sebrae e Sicredi

14/06/2024

CDL Chapecó recepciona novos associados

14/06/2024

CDL Mulher de Joaçaba produz 400 pizzas para ações solidárias

Você também pode gostar:

14/06/2024

CDL Itapoá realiza sessão de negócios em parceria com Sebrae e Sicredi

14/06/2024

CDL Chapecó recepciona novos associados

14/06/2024

CDL Mulher de Joaçaba produz 400 pizzas para ações solidárias