As CDLS na frente​

14/09/2017|

17:00

CDL São José: Jovens do Pescar desenvolvem APPs inovadores

Os jovens da 7ª turma do Projeto Pescar, unidade CDL São José, estão engajados. Há cerca de quatro meses, eles estão trabalhando em alguns projetos que prometem impactar positivamente na sociedade. A turma foi dividida em equipes e cada uma delas assumiu o desafio de desenvolver produtos e serviços que possam ser viáveis. Duas equipes resolveram apostar na modernidade e estão criando aplicativos muito interessantes.

Para que essas ideias saiam do papel, os jovens estão contando com ajuda de três voluntários: Cláudio Reis, Rodrigo Dias e Vanessa Milis. “O objetivo é que esses projetos estimulem os jovens a terem um pensamento mais empreendedor. Essa experiência proporcionará a eles uma visão voltada ao resultado, o que será ótimo para qualquer emprego que conseguirem”, explica Vanessa.

Os jovens Elize Sima, Luan Brito, Stefani Cleia e Yasmim Lemos estão desenvolvendo um aplicativo para acabar com as filas nos estádios. “O objetivo é diminuir as filas para comprar comida nos estádios de esporte da região”, explica Elize. “Será muito prático! Após entrar e se cadastrar, as pessoas vão escolher suas comidas, pedir e pagar com cartão de crédito. Em seguida, receberão um tempo estimado de quando a comida estará pronta”, continua Yasmim. Luan conta que o projeto está sendo uma grande experiência para eles e Stefani destaca que, apesar de tanto trabalho, o grupo está tirando lições valiosas de como trabalhar em equipe.

No aplicativo, os torcedores que comprarem ingressos com cadeira numerada receberão o lanche na própria arquibancada. “Esse aplicativo trará benefícios tanto para os torcedores quanto para as lanchonetes. Além de diminuir as longas filas, proporcionará um atendimento personalizado”, reforça Dias. Buscando ideias para este projeto, os jovens visitaram o Estádio Orlando Scarpelli no dia 31 de agosto e, além de terem conhecido a história do clube, também colheram informações importantes sobre as empresas que prestam serviço de alimentação no estádio em dias de jogos.

Já os jovens Jessica Ribeiro, Izadora Barbosa, Beatriz dos Santos e Vitor Córdova estão trabalhando no aplicativo que fornecerá os horários de ônibus. “Queremos criar um aplicativo que contenha o horário dos ônibus da Transol, SIM (Sistema Integrado de Mobilidade), Jotur, Estrela, Biguaçu e Imperatriz”, explica Jéssica. O software vai mostrar em quais ruas os ônibus passam, por quais paradas já passou e, com a contribuição do público, que horário aproximadamente os ônibus passam em cada parada. “Além disso, planejamos que esse aplicativo seja acessado off-line”, revela Beatriz. Vitor conta que o grupo está dividindo as tarefas e isso fortalece a equipe.

Reis tem uma experiência de 34 anos no setor de tecnologia e tem ajudado bastante as equipes nesta parte. “A concepção destes projetos está sendo realizada como uma startup. Neste momento, os jovens estão na fase de validação da ideia, perguntando ao mercado se estes projetos interessam ao público”, relata.

Vanessa espera que até a formatura da 7ª turma do Projeto Pescar, os aplicativos estejam disponíveis. “Os dois aplicativos têm uma iniciativa transformadora, de grande impacto social e o apoio de autoridades e patrocinadores é fundamental para abrir as portas desses importantes projetos”, conclui a voluntária.

Compartilhe

Newsletter

Receba no seu email o conteúdo do Blog da FCDL/SC

Últimas postagens

14/06/2024

CDL Itapoá realiza sessão de negócios em parceria com Sebrae e Sicredi

14/06/2024

CDL Chapecó recepciona novos associados

14/06/2024

CDL Mulher de Joaçaba produz 400 pizzas para ações solidárias

Você também pode gostar:

14/06/2024

CDL Itapoá realiza sessão de negócios em parceria com Sebrae e Sicredi

14/06/2024

CDL Chapecó recepciona novos associados

14/06/2024

CDL Mulher de Joaçaba produz 400 pizzas para ações solidárias