Semana Lojista

Gonçalo Coelho conduz evento da CDL Jovem Chapecó

Sócio da Bumerangue Brasil Ltda, desafia jovens empreendedores a sonharem alto

“Vamos parar de pensar pequeno. Somos do tamanho do nosso sonho”. É o que diz Gonçalo Gomes Soares Coelho, sócio responsável pela área de vendas e marketing da Bumerangue Brasil Ltda, que fechou com crescimento de 2017 a 2019 de 68% em clientes ativos e 52% em faturamento.

Os números da empresa que desenvolve produtos tecnológicos para diversos segmentos industriais, foram apresentados pelo empresário chapecoense nesta semana durante o programa “Trajetória Profissional”, promovido pela CDL Jovem de Chapecó.

A Bumerangue desenvolve projetos voltados à tecnologia de transporte e layout para abatedouros, além de prestar consultoria para melhoria da produtividade e competitividade em diversos ramos industriais como alimentício, têxtil, farmacêutico, frigorífico, metalúrgico, cerâmica, fábrica de papel, engarrafados, enlatadoras, destilarias, panificadoras e supermercados.

Médico veterinário por formação, Gonçalo acumula experiência profissional de mais de 30 anos. Em toda a sua carreira, teve apenas três empregos: atuou como músico, professor universitário e assumiu cargos de gestão na Sadia S/A como veterinário por 13 anos. Deixou a empresa para se tornar proprietário da Bumerangue, ao lado de quatro sócios, e há 12 anos atua em toda a América Latina à frente do empreendimento.

“Faz três anos que levo esse conselho como meta de vida: devemos parar de pensar pequeno. Sempre estudei muito e busquei estar aberto e atento às mudanças e inovações do mercado. Na Sadia, meu chefe dizia sempre: ‘bendito o nosso concorrente que nos faz levantar todo dia cedo e ser cada vez melhor’. Carrego isso até hoje”, sublinhou Gonçalo ao enfatizar que toda empresa precisa ter objetivos traçados e que devem ser revistos anualmente, com prazo para execução e detalhes de como atingi-los. O empresário também afirmou que valorizar o esforço dos colaboradores é fundamental para o sucesso nos negócios.

“A base de qualquer negócio se chama ‘gente’. Temos que pagar conforme o esforço de cada um. Se o meu vendedor enriquecer, eu enriqueço junto, por isso não me importo em assinar um cheque de R$ 70 mil de salário mensal. Pelo contrário, fico faceiro”.

Ao elogiar a palestra de Gonçalo e realçar os aprendizados, o presidente da CDL Jovem de Chapecó, Luiz Felipe Concatto, ressaltou a contribuição do programa para a trajetória dos jovens empresários do município. “São histórias de empreendedores que já percorreram o caminho que nós pretendemos alcançar. Eles nos dão dicas, insights, conselhos e apontam acertos e erros que nos ajudam muito na construção da nossa carreira”.

De acordo com Concatto, excepcionalmente neste ano, o programa “Trajetória Profissional” terá apenas uma edição, devido à pandemia. Para os próximos, serão duas palestras por ano. No evento desta semana, foram seguidos protocolos de segurança e prevenção à covid-19, como redução de público, uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento.

MAIS DA Edição – 960
  • CDL Chapecó e Sebrae capacitam empreendedores

    Continue lendo Clique e leia
  • CDL Ibirama realiza campanha de liquidação

    Continue lendo Clique e leia
  • CDL Itajaí já movimenta R$1,8 mi no comércio local

    Continue lendo Clique e leia
  • CDL Blumenau lança campanha de Natal com prêmios

    Continue lendo Clique e leia
  • Mentores do Varejo: CDL Jaraguá do Sul conecta lojistas

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais