As CDLS na frente

22/06/2017|

13:28

CDL Joaçaba: empresas podem incentivar o Natal Encantado

Empresas de Joaçaba e região, e também pessoas físicas, podem ajudar a fazer o Natal de Joaçaba encantado e com muito mais brilho. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município está apostando na Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal (Lei Rouanet) para resgatar o brilho e a magia da edição de 2017.

Parte dos impostos que são pagos, que vão para Brasília, e que dificilmente retornam para a origem, agora poderá ficar em Joaçaba para ajudar viabilizar um projeto nobre que encanta toda comunidade, desde crianças a idosos.

Uma comissão criada pela CDL, assessorada por um produtor cultural de Lages, está trabalhando há alguns meses no projeto Natal Encantado. O projeto, que segue rigorosamente todas as exigências da lei, foi aprovado pelo Ministério da Cultura com portaria já publicada no Diário Oficial da União. Desde este mês, a CDL está devidamente credenciada para iniciar a etapa de captação de valores junto às empresas e também pessoas físicas dispostas a colaborar, deixando no município parte dos seus impostos que teriam como destino o Governo Federal.

O diretor de eventos da CDL, Célio Alves de Oliveira, explica que a lei permite a captação de até 6% do imposto devido por pessoas físicas. Já pessoas jurídicas (empresas) que optaram por recolher via lucro real podem trimestralmente doar até 4% do valor que será pago de Imposto de Renda. “O recurso ele obrigatoriamente terá que ser recolhido para União por meio do IR, então porque não deixar parte deste valor em nosso município, com exposição da logomarca das empresas em nossos materiais de divulgação?” diz o diretor da CDL.

O valor arrecadado com a captação será usado para contratação de shows e viabilizar apresentações artísticas e culturais para levar a magia do Natal para a cidade. A iluminação de ruas e praças continuará sendo de responsabilidade da prefeitura, que será parceira do projeto.

Para 2017, a ideia é ampliar o roteiro do Natal Encantado com utilização também da praça da Igreja Matriz. Estuda-se projeção mapeada, caso os recursos sejam suficientes, e até mesmo uma parada de Natal com o envolvimento das Escolas de Samba.

“Natal é período de celebrar, de sair com a família para as ruas para celebrar, Natal é alegria e a gente quer trazer este clima por meio deste projeto”, destaca Célio.

Do valor aprovado pelo Ministério da Cultura, a CDL precisa captar no mínimo 20% para conseguir movimentar a conta bancária na qual os valores serão depositados. “Por isso mais uma vez peço aos empresários que consultem seus contadores sobre esta possibilidade, pois eles já têm toda esta informação para fazer tal encaminhamento”.

Há poucos dias, a comissão de eventos da CDL esteve reunida com os contadores da região explicando o projeto e solicitando apoio. A orientação para os empresários é que eles procurem pelos contadores e façam parte deste importante projeto.

Compartilhe

Newsletter

Receba no seu email o conteúdo do Blog da FCDL/SC

Últimas postagens

12/04/2024

CDL promove palestra para mais de 600 pessoas

12/04/2024

“Parar de vender e começar a fazer o cliente comprar”

05/04/2024

CDL Brusque realiza mais uma edição do Sábado Fácil neste dia 6 de abril

Você também pode gostar:

12/04/2024

CDL promove palestra para mais de 600 pessoas

12/04/2024

“Parar de vender e começar a fazer o cliente comprar”

05/04/2024

CDL Brusque realiza mais uma edição do Sábado Fácil neste dia 6 de abril