As CDLS na frente​

11/05/2018|

11:41

CDL Praia Grande apoia projeto de criação de geoparque

Inserida em um território aspirante a geoparque, Praia Grande, entrecortada pelos cânions Itaimbezinho e Malacara, conta com apoio da CDL do município e do diretor distrital da FCDL/SC na região (31º Distrito), Célio da Silva Patrício, para alcançar o título concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), visando sua inserção no programa Geoparques Mundiais da Unesco.

A CDL tem participação ativa no processo e já promoveu, inclusive, uma palestra para explicar aos associados sobre o que se trata a candidatura e a importância da participação dos empresários e colaboradores no processo. “Entre os requisitos previstos pela Unesco para receber o título está o engajamento da comunidade em assumir um compromisso firme para o desenvolvimento das estratégias para mostrar e proteger o patrimônio geológico da área”, explica a presidente da entidade, Rosângela Pinto Pereira.

Os Geoparques Mundiais da Unesco são definidos pela organização como “áreas geográficas unificadas, onde sítios e paisagens de relevância geológica internacional são administrados com base em um conceito holístico de proteção, educação e desenvolvimento sustentável”.

Praia Grande está em uma área conhecida como Caminho dos Cânions do Sul. O território aspirante a geoparque é de 2.830 km² que cobre sete municípios, sendo quatro catarinenses (Morro Grande, Timbé do Sul, Jacinto Machado e Praia Grande) e três do Rio Grande do Sul (Cambará do Sul, Mampituba e Torres).

A relevância é tamanha por ser a maior concentração de cânions do Brasil que contam a história da Terra. Segundo a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, “do ponto de vista do patrimônio geológico, (a área) configuram um dos maiores eventos magmáticos ocorridos no planeta, cenário de atividades vulcânicas que cobriram cerca de 1,2 milhão de km², e que estão associadas à ruptura” do paleocontinente Gondwana, separando a América do Sul e a África, e consequente abertura do Atlântico Sul.

O diretor distrital afirma que, recebendo o título, os benefícios não se restringirão apenas à Praia Grande. “É uma porta para o turismo e para o desenvolvimento das cidades, além de uma visibilidade mundial da importância desta região. A preservação ambiental e o conhecimento sobre a história dos cânions serão difundidos, de forma que conseguiremos a ajudar a natureza a se manter intacta”, diz Célio.

Agora, está sendo trabalhada a construção do geoparque com vistas à sua candidatura futura. “Estamos trabalhando as três bases do geoparque (geoeducação, geoconservação e geoturismo) para atender aos critérios solicitados pela Unesco para receber a designação de geoparque”, conta a secretária de turismo de Praia Grande, Ana Lúcia L. Lima.

Os trabalhos são coordenados pelo Consórcio Público Intermunicipal Caminho dos Cânions do Sul. Na candidatura, a Unesco irá verificar se os critérios obedecem, entre outras coisas, a conservação ambiental do patrimônio geológico, a promoção do turismo sustentável para geração de trabalho e renda para a população local e a educação para a sustentabilidade. “Foi formado também um comitê científico responsável por fomentar estudos e publicações científicas sobre a área, que também são exigidos pela Unesco e acrescentam pontos para esta candidatura”, relata a secretária de turismo.

Atualmente, existem 140 Geoparques Mundiais da Unesco em 38 países, principalmente na Europa e na Ásia. No Brasil há apenas o Geoparque Araripe, no Ceará, que envolve seis municípios daquele Estado, e se destaca pelo patrimônio paleontológico. Por lá, encontra-se registros geológicos do período Cretáceo, que apresentam conteúdo fossilíferos com registros entre 150 a 90 milhões de anos, entre eles a maior concentração de vestígios de pterossauros do mundo, 20 ordens diferentes de insetos fossilizados e fósseis das primeiras plantas com flores.

Compartilhe

Newsletter

Receba no seu email o conteúdo do Blog da FCDL/SC

Últimas postagens

23/07/2024

ACID/CDL de Descanso e Belmonte promove Workshop sobre atendimento e alta performance

22/07/2024

CDL Blumenau: 58 anos conectando pessoas e fortalecendo negócios

18/07/2024

Corrida da CDL de São José vai comemorar 25 anos da entidade

Você também pode gostar:

23/07/2024

ACID/CDL de Descanso e Belmonte promove Workshop sobre atendimento e alta performance

22/07/2024

CDL Blumenau: 58 anos conectando pessoas e fortalecendo negócios

18/07/2024

Corrida da CDL de São José vai comemorar 25 anos da entidade